A-A+

Chape tem acordo com 20 famílias de vítimas da tragédia

Em reunião na noite da última segunda-feira (6), o clube catarinense afirmou que pagará o valor de R$ 14 milhões

Destroços do avião da Lamia, que levava equipe da ChapecoenseDestroços do avião da Lamia, que levava equipe da Chapecoense - Foto: Agência RBS/Folhapress

A Chapecoense informou na noite dessa segunda-feira (6) que já fechou acordo de indenização com 20 famílias das vítimas da tragédia aérea na Colômbia, ocorrida em 29 de novembro de 2016. Na ocasião, a equipe catarinense estava indo para a indo disputar a final da Copa Sul-Americana. Ao todo, o clube catarinense foi alvo de 43 ações cíveis.

Leia também:
Morre Rafael Henzel, sobrevivente de tragédia da Chape 
Famílias da Chape processam Colômbia e seguem sem indenização 


Apesar dos nomes dos familiares indenizados não terem sido divulgados, em reunião com jornalistas, o clube divulgou que o valor é de aproximadamente R$ 14 milhões. De acordo com o diretor financeiro do clube de Chapecó, Paulo Ricardo Magro, o montante foi parcelado e a Chape vai arcar com todos os pagamentos que forem determinados. Ainda segundo o dirigente, em momento algum a instituição virou as costas para os familiares.

O avião que levava a delegação da Chapecoense para a decisão da Sul-Americana de 2016, contra o Atlético Nacional, na Colômbia, caiu na madrugada do dia 29 de novembro de 2016. A tragédia causou a morte de 71 pessoas. Entre as vítimas estavam jogadores, dirigentes, funcionários, jornalistas, convidados e membros da tripulação.

Entre os sobreviventes ficaram o zagueiro Neto, o lateral Alan Ruschel, o goleiro Follmann e o narrador Rafael Henzel. Este último faleceu no fim de março deste ano, vítima de infarto.

A Chape vem lidando com diversos processos jurídicos. Ao todo, 27 eram trabalhistas e feitos por familiares de ex-jogadores e funcionários do clube. Um dos casos finalizados foi com a família do lateral Dener, que morreu aos 25 anos. O valor acertado com os pais do atleta foi de R$ 60 mil. Os outros 16 casos são propostos por parentes de vítimas que não possuíam contrato de trabalho com a instituição catarinense, como diretores, convidados e jornalistas.

Veja também

Sequência negativa não é novidade para o Sport na Série A
Sport

Sequência negativa não é novidade para o Sport na Série A

Tenista Naomi Osaka desiste de participar do torneio de Indian Wells
Tênis

Tenista Naomi Osaka desiste de participar do torneio de Indian Wells