Chegar para jogar, eis a ordem no Rubro-Negro

Com 31 atletas no elenco, Nelsinho quer jogadores que venham para elevar qualidade e não para compor o grupo

Nelsinho BaptistaNelsinho Baptista - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Contratar é uma coisa. Reforçar é outra. Essa é uma linha de raciocínio quase sempre levantada pela crônica esportiva. Há uma enorme diferença entre contratar um atleta apenas para compor elenco e reforçar o time com uma peça que será efetiva e atuante. Passado pouco menos de um mês de temporada, o Sport anunciou a vinda de sete atletas novos: o lateral-direito Felipe Rodrigues, o lateral-esquerdo Capa, o zagueiro Léo Ortiz, os volantes Felipe Bastos e Pedro Castro, o meia Marlone e o meia-atacante Gabriel. Todos eles com contrato até o final desta temporada. Além deles, há o volante Anselmo, que teve seu empréstimo junto ao Internacional renovado por mais um ano. E destes, quem realmente reforçou e quem apenas foi uma contratação? Com apenas seis jogos oficiais realizados até agora em 2018, seria injusto sentenciar algum jogador, mas fato é que o treinador Nelsinho Baptista admitiu que pretende contar apenas com "reforços" a partir de agora nas futuras negociações do Leão.

No total, são 31 atletas que compõem atualmente o elenco profissional rubro-negro. Com esse número elevado, o comandante já não precisa mais de peças para "compor o grupo", e sim atletas que venham para assumir a titularidade. “Temos uma Série A pela frente. Nós estamos preocupados e atentos ao mercado. Como veio o Felipe Bastos, podem vir outros também, mas depende da situação. Estamos em busca daquele bom jogador, o que venha para ser o titular, não para ser mais um. Essa é a nossa posição, da diretoria e da presidência do Sport", disse Nelsinho.

A ansiedade para contar com esses jogadores e assim conseguir evoluir o futebol leonino custou caro ao treinador. Na última quarta-feira, ele apostou no recém-contratado Felipe Bastos e pagou caro. Com apenas dois treinamentos, o jogador foi titular na Copa do Brasil e deixou o campo com apenas 20 minutos de bola rolando, com um estiramento muscular na coxa direita. O volante será melhor avaliado e por isso ainda não tem data para retorno. Porém, já se sabe que não se trata de uma lesão grave.

Principal alvo dos torcedores, a diretoria do Sport se mostrou ciente de que é necessário contratar, mas também é preciso esforço para conseguir motivar e manter alguns jogadores que estão com propostas de clubes do eixo Sul-Sudeste, como Rithely e André. "Como todo clube grande, estamos sempre pensando em nos reforçar. Claro que a gente entende o processo delicado da formação do elenco, mas Nelsinho vem, com muito critério, avaliando os atletas que temos na casa e estamos atentos ao mercado. Não é fácil, além disso estamos fazendo todo o esforço do mundo para manter os nossos principais talentos e esperamos que, principalmente, André entenda bem isso e possa, junto com a equipe, fazer uma grande temporada como fez em 2017", comentou Alexandre Faria, executivo de futebol e um dos principais alvos de críticas por parte da torcida.

Veja também

Zagueiro do Sport, Victor Gabriel é convocado para a seleção sub-17
Futebol

Zagueiro do Sport, Victor Gabriel é convocado para a seleção sub-17

Prestes a completar 80 anos, Pelé é retratado em mural de Kobra em Santos
Futebol

Pelé é retratado em mural de Kobra em Santos