Circuito mundial de surfe é adiado até o fim de junho

WSL afirma que vai monitorar a situação da pandemia da Covid-19 para tomar novas medidas em breve.

Italo Ferreira na final do Pipe Masters 2019Italo Ferreira na final do Pipe Masters 2019 - Foto: Tony Heff / WSL via Getty Images

A World Surf League (WSL) anunciou nesta terça-feira (28) a decisão de adiar todas as competições até pelo menos o final de junho. A organização afirma que vai monitorar a situação da pandemia de Covid-19 para tomar novas medidas em breve.

Em um vídeo divulgado hoje, o CEO da entidade, Erik Logan, disse que vai trabalhar com as orientações dos governos e autoridades da saúde.

Leia também:
WSL lança documentário sobre Ítalo Ferreira
Medina lamenta adiamento no surfe e torce por Olimpíadas


"Quando e onde nós vamos competir neste ano é uma pergunta ainda em aberto, mas nós vamos continuar a trabalhar com governos, autoridades de saúde e nossas comunidades locais para retornarmos", afirmou.

A WSL também disse que trabalha para evoluir os formatos de competição a partir de 2021.

"Antes da Covid-19, tínhamos trabalhado duro em uma forma de evoluirmos todos os nossos tours em 2022 e além. Quanto mais trabalhamos nessa transformação, mais empolgados ficamos e está claro que nossa pausa devido à pandemia realmente nos permitiu ver que agora é a hora de acelerar essas mudanças", completou Logan.

Veja também

Staff de Hernanes admite sondagem do Sport
Futebol

Staff de Hernanes admite sondagem do Sport

Após sétimo dia dos Jogos Olímpicos, confira a colocação do Brasil no ranking de medalhas
Jogos Olímpicos

Após sétimo dia dos Jogos Olímpicos, confira a colocação do Brasil no ranking de medalhas