Clássico das Multidões entre mistérios e definições

Sport não time titular confirmado e Santa terá retornos na equipe titular

Júlio César falhou em um dos gols sofridos pelo Santa CruzJúlio César falhou em um dos gols sofridos pelo Santa Cruz - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Um duelo entre Santa Cruz e Sport já chamaria a atenção só pela história do confronto. Por ele valer uma vaga na final da Copa do Nordeste, fica ainda mais importante. O embate ainda cresce de tamanho também pelo retrospecto recente. Afinal, este será o oitavo mata-mata entre os centenários clubes nos últimos sete anos.

E para apimentar mais a peleja, os adversários estão em pontos opostos. Enquanto o técnico Ney Franco faz mistério a respeito da equipe que vai mandar a campo sob o manto rubro-negro, o tricolor Vinícius Eutrópio ganhou boas notícias para o Clássico das Multidões e terá voltas garantidas.

Do lado vermelho e preto, há duas interrogações. A primeira é na defesa. O colombiano Henríquez volta de lesão e disputa vaga com Matheus Ferraz para atuar ao lado de Durval. Já no ataque, indefinição a respeito do substituto de Rogério. O técnico Ney Franco não confirmou se optará por Juninho, Everton Felipe ou André.

Já na ala tricolor, a equipe ganhou um precioso reforço de última hora. O goleiro Júlio César se recuperou de uma conjuntivite e será escalado. Há também mudanças na linha. O volante Elicarlos recupera a titularidade e entrará na vaga de Federico Gino, sacado do time por opção técnica. 

  

Veja também

"Vou pensar se saio ou se fico", diz Felipão após livrar Cruzeiro da Série C
Futebol

"Vou pensar se saio ou se fico", diz Felipão após livrar Cruzeiro da Série C

Empresário Josenildo Dody confirma pré-candidatura à presidência do Santa Cruz
Eleições

Empresário Josenildo Dody confirma pré-candidatura à presidência do Santa Cruz