Classificação sobre o Flu pode mudar patamar de profissionais do Santa

Leston Júnior: "As conquistas são imortalizadas na história. São façanhas que fazem a gente crescer na carreira"

Elenco e funcionários do Santa Cruz no vestiário do ArrudaElenco e funcionários do Santa Cruz no vestiário do Arruda - Foto: Santa Cruz/divulgação

Uma das classificações mais históricas do Santa Cruz foi na Copa do Brasil. Há nove anos, o clube pernambucano eliminou o Botafogo em pleno Engenhão, no Rio de Janeiro, e consequentemente se classificou para a terceira fase. Na ocasião, os tricolores perderam o jogo de ida por 1x0, no estádio do Arruda, e venceram a partida de volta por 3x2, fora de casa. O fato sempre é recordado pelos torcedores. Agora, o Santa tenta conquistar mais um feito heroico, diante do Fluminense, pela quarta fase da Copa do Brasil.

Na entrevista coletiva às vésperas da decisão, o técnico Leston Júnior classificou o mata-mata contra o Flu como uma chance de valorizar a carreira. Para ele, o avanço às oitavas de final do torneio mais rentável do futebol brasileiro pode mudar o patamar dos profissionais do Santa. 

“Queremos fazer história. Mesmo respeitando a opinião de todo mundo, às vezes somos surpreendidos com algumas afirmações de que o Santa foi jogar no Maracanã com medo do Fluminense e retrancado. Dizem até que o treinador pediu para o time ficar lá atrás, mas isso não existe. Esse tipo de partida é uma oportunidade de vida. Quantos profissionais não tiveram uma mudança de patamar em função de um jogo improvável, de uma grande vitória marcante na história? A gente sabe que profissionalmente esse tipo de jogo fica marcado. É a chance de fazer o que é pouco provável para muitos. Se formos numa casa de aposta, a maioria vai jogar no Fluminense”, destacou o treinador.

O treinador deixou claro nas entrelinhas que o seu principal objetivo é entrar na história do Santa Cruz para nunca ser esquecido pela torcida. “Se eu conquistar o acesso à Série B no fim do ano, por exemplo, vou morrer e ficar imortalizado na memória do clube como o profissional que recolocou o Santa na Série B. As conquistas são imortalizadas. São façanhas que fazem a gente crescer na carreira”, pontuou Leston Júnior.

O Santa necessita vencer o Fluminense por três gols de diferença para avançar direto de fase. Caso ganhe por dois, leva a decisão para disputa de pênaltis. O primeiro jogo terminou 2x0 para os tricolores cariocas, no Maracanã, no Rio de Janeiro. A partida de volta acontece na noite desta quinta-feira (25), no estádio do Arruda, às 21h30.

Veja também

Seleção brasileira de rugby lança websérie com equipe feminina
Rugby

Seleção brasileira de rugby lança websérie com equipe feminina

Palmeiras goleia Corinthians e acaba com série invicta do rival
Campeonato Brasileiro

Palmeiras goleia Corinthians e acaba com série invicta do rival