COB firma termo contra abuso e dá cartilha a confederações

A assinatura do termo de compromisso faz parte do Programa de Integridade do COB e aconteceu às vésperas do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, em 18 de maio

Paulo Wanderley Teixeira, presidente do COBPaulo Wanderley Teixeira, presidente do COB - Foto: Divulgação/COB

O Comitê Olímpico do Brasil anunciou nesta terça-feira (15) a assinatura de um termo de compromisso contra o abuso e o assédio sexual e moral no esporte.

A informação vem a público poucas semanas após a divulgação de investigações contra Fernando de Carvalho Lopes, ex-técnico da seleção brasileira masculino de ginástica, acusado de assediar ginastas ao longo dos anos em que trabalhou no Mesc, clube de São Bernardo do Campo (SP). O treinador nega as acusações.

O documento foi assinado por Paulo Wanderley, presidente do COB, e por outras autoridades do esporte -além dos presidentes das confederações brasileiras olímpicas, o Ministro do Esporte, Leandro Cruz, também é signatário do acordo.

Leia também:
Técnico acusado de abuso por ginastas se diz inocente
Canal de denúncias contra abusos será criado pelo COB
Clube afasta técnico após denúncias de abuso sexual

"As ações propostas têm por objetivo a preservação da dignidade da pessoa humana e seus direitos fundamentais, tais como a liberdade, a intimidade, a vida privada, a honra, a igualdade de tratamento e o direito a um bom ambiente de trabalho, e de prática esportiva, sadio e seguro", afirmou Paulo Wanderley.

"Assim como o COB assumiu o compromisso público de desenvolver ações efetivas para prevenção do abuso e assédio sexual no ambiente esportivo, solicito que as confederações também se engajem como forma de adesão para um trabalho em conjunto com o COB", completou o dirigente.

A assinatura do termo de compromisso faz parte do Programa de Integridade do COB e aconteceu às vésperas do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, em 18 de maio.
O Ministério do Esporte aproveitou o evento desta terça-feira e apresentou a Cartilha de Governança em Entidades Esportivas, lançada em abril.

Também nesta terça-feira, o COB apresentou uma cartilha com informações e orientações para a revenção do assédio sexual e moral no ambiente esportivo.

A entidade também criou um Canal de Ouvidoria e Ética, que começa a operar no próximo dia 22 para receber denúncias, reclamações e sugestões de esportes, treinadores e dirigentes.

Veja também

Vorax e paiN Gaming decidem título do CBLoL neste domingo (18)
Tecnologia e games

Vorax e paiN Gaming decidem título do CBLoL neste domingo (18)

Independiente Del Valle elimina Grêmio e vai à fase de grupos da Libertadores
Futebol

Independiente Del Valle elimina Grêmio e vai à fase de grupos da Libertadores