Cobra Coral e Timbu protagonizam confronto da afirmação

Equipes fazem primeiro Clássico das Emoções do ano buscando consolidar bom momento neste início de ano

Júnior Rocha, do Santa, e Roberto Fernandes, do TimbuJúnior Rocha, do Santa, e Roberto Fernandes, do Timbu - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Apesar de disputarem as mesmas competições (Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste e Série C), dividirem o mesmo aperto financeiro e possuírem folhas salariais em patamar semelhante, Santa Cruz e Náutico chegam para o primeiro Clássico das Emoções de 2018 em momentos distintos. O Timbu larga na frente da Cobra Coral, embora o futebol ainda seja irregular. Diante deste cenário, os rivais duelam neste sábado, no estádio do Arruda, às 18h30, pela sétima rodada do Campeonato Pernambucano, em busca da afirmação na temporada.

Leia também:
Wendel e Ortigoza são regularizados
Santa faz primeiro treino fechado e tem quatro dúvidas

O encontro de tricolores e alvirrubros poderia ter acontecido já na última quarta. As equipes se enfrentariam logo na segunda fase da Copa do Brasil em caso de classificação, mas o Tricolor caiu na estreia diante do Fluminense de Feira/BA (derrota pelo placar de 1x0, no interior da Bahia). Apenas o Timbu avançou no torneio, eliminando inclusive o representante baiano após vencer o jogo por 1x0, em Feira de Santana.

Diferentemente do Santa Cruz, que amargou um jejum de seis partidas sem vencer no início do ano e sofreu uma pressão maior internamente, o Náutico conseguiu resultados imediatos no começo do semestre: classificação para o Nordestão, avanço de fase no mata-mata nacional e liderança do Estadual, com 11 pontos. A "cereja do bolo" foi a goleada perante o Sport por 3x0, na Arena de Pernambuco. O time do técnico Roberto Fernandes entrou em campo 12 vezes (quatro vitórias, seis empates e duas derrotas). Já a Cobra Coral, em oito partidas, venceu apenas duas, empatando quatro e perdendo outras duas. "Sabemos da qualidade da equipe do Santa. Eles vêm se acertando na competição, mas nós temos que nos portar como líderes e conquistar a vitória", afirmou o atacante Fernandinho.

Prestes a disputar seu primeiro clássico pernambucano, o técnico Júnior Rocha mostrou entusiasmo e confiança. Isso porque o Santa vive um momento de recuperação após emendar uma sequência invicta, com duas vitórias consecutivas e um empate, sendo a mais positiva até então. Além disso, o sistema defensivo não sofre gols há dois jogos. “A partida chega numa grande hora para as duas equipes”, comentou. O Tricolor é o quinto colocado no Pernambucano, com seis pontos.

No Timbu, a maior novidade estará no banco de reservas. O atacante paraguaio Ortigoza foi regularizado e deve ser relacionado para o confronto. O volante Wendel também teve seu nome publicado no BID, mas ainda precisará aprimorar a parte física e só deve estrear no fim do mês. Pelo lado tricolor, a nova opção entre os suplentes é o atacante Fabinho Alves, que vinha treinando normalmente e ganhou condições de jogo.

Veja também

Alemanha volta a proibir presença de público em eventos esportivos
Covid-19

Alemanha volta a proibir presença de público em eventos esportivos

Neymar sente lesão durante jogo do PSG pela Liga dos Campeões
Futebol

Neymar sente lesão durante jogo do PSG pela Liga dos Campeões