COI aprova novo calendário de classificação do Skate para Olimpíadas

De acordo com o novo cronograma, todos os eventos classificatórios para as Olimpíadas vão encerrar em 29 de junho de 2021

São 40 vagas no total, sendo 20 para mulheres e 20 para homensSão 40 vagas no total, sendo 20 para mulheres e 20 para homens - Foto: Lincoln Chaves/Agência Brasil

A federação internacional de skate World Skate anunciou a aprovação da mudança de calendário das competições esportivas pelo Conselho Executivo do Comitê Olímpico Internacional (COI), devido alteração dos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020 para 2021. De acordo com o novo cronograma, todos os eventos classificatórios para as Olimpíadas vão encerrar em 29 de junho do ano que vem, diferentemente da previsão inicial, que determinava o prazo até amanhã (31).

Em nota publicada em site oficial, a entidade explica que “todos os resultados já alcançados serão preservados e que as mudanças foram feitas apenas em relação à pandemia(novo coronavírus). Nenhuma alteração foi feita no sistema de classificação de eventos e nenhuma alteração no sistema de cotas.”

Ou seja, os dois melhores resultado obtidos na primeira janela, em 2019, serão mantidos. Restam ainda 4 eventos que serão levados em consideração. As pontuações conquistadas através de campeonatos nacionais de cada país serão atualizadas trimestralmente no Ranking Mundial de Skate. Já aquelas alcançadas via competições continentais sofrerão alteração no término delas.

Leia também:
De olho nas Olimpíadas, atletas brasileiras concorrem a patrocínio
Jogos de Tóquio: dirigente do COI cita Brasil ao cogitar cancelamento
Ano de 2021 é 'última oportunidade' para Jogos de Tóquio, diz Bach

Ao todo serão 20 skatistas de cada gênero disputando o ouro olímpico em Tóquio. O masculino e feminino utilizam o mesmo critério de classificação: uma vaga destinada ao país-sede, 16 pelo Ranking Mundial e três alcançadas via Campeonato Mundiais.



 

Veja também

Conmebol divulga jogos da Copa América e libera trocas para mata-mata
Futebol

Conmebol divulga jogos da Copa América e libera trocas para mata-mata

Sindicatos divergem sobre redução no intervalo mínimo entre partidas
futebol

Sindicatos divergem sobre redução no intervalo mínimo entre partidas