Colômbia bate Senegal e avança às oitavas da Copa

Com gol marcado por Mina, no segundo tempo, Colômbia ficou com a liderança do Grupo H, à frente do Japão

Senegal e Colômbia fizeram jogo emocionante Senegal e Colômbia fizeram jogo emocionante  - Foto: EMMANUEL DUNAND / AFP

A vitória da Colômbia por 1x0 sobre Senegal, nesta quinta-feira (28), garantiu aos sul-americanos a classificação em primeiro no Grupo H da Copa do Mundo. Os senegaleses, na terceira colocação do grupo, caíram por causa do número de cartões amarelos, maior que o do Japão.

A vitória colombiana e o 1x0 sofrido pelos japoneses para a Polônia, no mesmo dia, deixaram asiáticos e africanos em igualdade no saldo de gols (0), número de tentos marcados (4) e sofridos (4) ao final da terceira rodada da fase de grupos.

O critério seguinte seria o confronto direto, mas Senegal e Japão terminaram empatados em 2x2 no último domingo (24). O que decidiu, portanto, foi o saldo de cartões para cada um, novidade no regulamento desta Copa.

Os senegaleses, com seis amarelos no Mundial, superaram os japoneses, com quatro, sendo assim eliminados da competição pelo critério de desempate.

O gol da classificação colombiana foi marcado por Yerry Mina, zagueiro do Barcelona e ex-Palmeiras, que subiu de cabeça para dar a vitória à seleção e marcar seu segundo gol nesta Copa.

Na outra partida, a Polônia venceu com gol do também zagueiro Jared Bednarek, conquistando sua primeira vitória no Mundial. A seleção, porém, já estava eliminada.

Colombianos aguardam agora a definição do Grupo G para saberem seus adversários na próxima fase. Inglaterra e Bélgica se enfrentam às 15h desta quinta pela definição da liderança da chave -o segundo colocado encara a Colômbia na próxima terça-feira (3), a partir das 15h (de Brasília), na Arena Spartak, em Moscou.

Senegal

Khadim N'Diaye; Gassama, Sané, Koulibaly e Sabaly; Sarr, Kouyaté, Gueye e Keita Baldé (Konaté); Mané e Niang (Sakho). T.: Aliou Cissé

Colômbia

Ospina; Arias, Mina, Davinson Sánchez e Mojica; Carlos Sánchez e Uribe (Lerma); Cuadrado, Quintero e James Rodríguez (Muriel); Falcao (Borja). T.: José Pekerman

Local: Arena Samara, em Samara (RUS)
Juiz: Milorad Mazic (SER)
Cartões amarelos: Niang (SEN); Mojica (COL)
Gol: Mina (COL), aos 28min do 2º tempo

Veja também

Justiça do Trabalho condena Sport a pagar R$ 902 mil para Diego Souza
Sport

Justiça do Trabalho condena Sport a pagar R$ 902 mil para Diego Souza

Brasil encerra Mundial de Handebol em 18º e mira pré-olímpico
Handebol

Brasil encerra Mundial de Handebol em 18º e mira pré-olímpico