Com defesa forte, time se torna mais homogêneo

A média de tentos sofridos na Série C 2019 caiu de 2,25 para um após a chegada do técnico Milton Mendes

Treinador Milton Mendes ainda está invicto nesta segunda passagem pelo SantaTreinador Milton Mendes ainda está invicto nesta segunda passagem pelo Santa - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Invicto sob o comando do técnico Milton Mendes, o Santa Cruz está em evolução na Série C. A vitória por 1x0 diante do Náutico, no Arruda, manteve o clube no G4 do Grupo A. De quebra, a equipe conseguiu, pela segunda vez na competição, passar os 90 minutos sem ser vazada. Um feito para tornar o Tricolor mais homogêneo.

Com a boa fase do artilheiro Pipico, autor de sete gols na Série C, o Santa Cruz tem um dos melhores ataques da competição, com 16 tentos. Em compensação, a defesa é uma das piores, com 14. Além da partida contra o Náutico, o Tricolor só havia ficado sem buscar bolas em sua rede no triunfo por 1x0 diante do Imperatriz.

Durante o período em que foi comandado por Leston Júnior, a Cobral Coral levou nove gols em quatro jogos. Com Milton, foram cinco em cinco partidas. A média de tentos sofridos caiu de 2,25 para um. Mas o atual treinador quer mais.

"Esse foi o segundo jogo que não levamos gols. Temos que manter uma forma de jogar dentro e fora de casa. Precisamos fazer uma compactação maior, o balanço da equipe precisa melhorar. Tem algumas coisas que devemos melhorar, mas tudo leva tempo", afirmou.

Leia também:
Faro de gols garante a Pipico melhor fase da carreira
Pipico aproveita falha do Náutico e dá vitória ao Santa

Veja também

Ministério Público denuncia 11 pessoas por incêndio no Ninho do Urubu
Futebol

Ministério Público denuncia 11 pessoas por incêndio no Ninho do Urubu

Mesmo desfalcado, Brasil estreia com empate no Mundial de Handebol
Superação

Mesmo desfalcado, Brasil estreia com empate no Mundial de Handebol