A-A+

Com defesa forte, time se torna mais homogêneo

A média de tentos sofridos na Série C 2019 caiu de 2,25 para um após a chegada do técnico Milton Mendes

Treinador Milton Mendes ainda está invicto nesta segunda passagem pelo SantaTreinador Milton Mendes ainda está invicto nesta segunda passagem pelo Santa - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Invicto sob o comando do técnico Milton Mendes, o Santa Cruz está em evolução na Série C. A vitória por 1x0 diante do Náutico, no Arruda, manteve o clube no G4 do Grupo A. De quebra, a equipe conseguiu, pela segunda vez na competição, passar os 90 minutos sem ser vazada. Um feito para tornar o Tricolor mais homogêneo.

Com a boa fase do artilheiro Pipico, autor de sete gols na Série C, o Santa Cruz tem um dos melhores ataques da competição, com 16 tentos. Em compensação, a defesa é uma das piores, com 14. Além da partida contra o Náutico, o Tricolor só havia ficado sem buscar bolas em sua rede no triunfo por 1x0 diante do Imperatriz.

Durante o período em que foi comandado por Leston Júnior, a Cobral Coral levou nove gols em quatro jogos. Com Milton, foram cinco em cinco partidas. A média de tentos sofridos caiu de 2,25 para um. Mas o atual treinador quer mais.

"Esse foi o segundo jogo que não levamos gols. Temos que manter uma forma de jogar dentro e fora de casa. Precisamos fazer uma compactação maior, o balanço da equipe precisa melhorar. Tem algumas coisas que devemos melhorar, mas tudo leva tempo", afirmou.

Leia também:
Faro de gols garante a Pipico melhor fase da carreira
Pipico aproveita falha do Náutico e dá vitória ao Santa

Veja também

Sport é derrotado pelo São Paulo e vê permanência ainda mais distante
Série A

Sport é derrotado pelo São Paulo e vê permanência ainda mais distante

Palmeiras derrota Flamengo e se torna tricampeão da Libertadores
Libertadores

Palmeiras derrota Flamengo e se torna tricampeão da Libertadores