Náutico

Com foco em repor zagueiro, Náutico segue atento ao mercado para reforçar elenco na Série C

Além de um novo defensor para substituir Matheus Santos, Timbu busca um ponta canhoto

Léo Franco, executivo de futebol do Náutico Léo Franco, executivo de futebol do Náutico  - Foto: Gabriel França / CNC

"[Elenco] Só vai estar totalmente fechado quando encerrar as inscrições", foi assim que o executivo de futebol alvirrubro, Léo Franco, comentou sobre a possibilidade de novos reforços chegarem para o Náutico no decorrer da Série C. O clube segue atento ao mercado e tem como prioridade a contratação de um zagueiro para repor a saída de Matheus Santos. Outra necessidade ainda é um ponta canhoto. 

"A tendência agora é a reposição do zagueiro em razão da saída do Matheus [Santos]. Mazola tem conversado conosco de possivelmente ter um atleta canhoto para tanto jogar invertido ou fazer a jogada de linha de fundo. Temos conversado, mas ainda não definimos isso. Eu costumo dizer em relação a elenco que ele só vai estar totalmente fechado quando encerrar as inscrições, porque até lá você tem um processo que foge da nossa vontade com lesão ou saída", disse Léo franco em entrevista coletiva na última quinta-feira (2), no Estádio dos Aflitos

A ausência de reforços não preocupa tanto a diretoria alvirrubra que acredita ter um elenco equilibrado. De acordo com o executivo, um ponto de atenção é não extrapolar o orçamento definido pelo presidente Bruno Becker. 

"Em conversa com Mazola, a gente entende que tem um elenco mais preparado em razão daqueles atletas que foram chegando que não atuaram no Estadual, mas jogaram Copa do Nordeste, além das chegadas de Bruno Mezenga, Marco Carvalho e Andrey. Precisamos estar atentos ao orçamento, isso é uma exigência da presidência de ser rigoroso nesse processo para ter um critério", completou o executivo. 

Sem nova data marcada após a CBF adiar o confronto deste final de semana contra o Ypiranga-RS, o Náutico só deve voltar a campo no dia 12 de maio, um domingo, diante da Ferroviária-SP. 

Veja também

Olimpíadas: revista projeta 22 medalhas para o Brasil em Paris-2024; saiba quais
PARIS-2024

Olimpíadas: revista projeta 22 medalhas para o Brasil em Paris-2024; saiba quais

Olimpíadas: confira qual é a atual maior hegemonia dos esportes coletivos
Medalhas

Olimpíadas: confira qual é a atual maior hegemonia dos esportes coletivos

Newsletter