A-A+

Com gol no fim, Náutico vence a primeira no Estadual

Timbu bateu o Petrolina por 1x0, neste domingo (26), no Sertão, e agora é terceiro colocado na classificação

Lance de Petrolina 0x1 Náutico, pela segunda rodada do PernambucanoLance de Petrolina 0x1 Náutico, pela segunda rodada do Pernambucano - Foto: Caio Falcão/CNC

Leia também

• Banco do Nordeste vai selecionar 21 startups para coworkings

• Vale considerava 7 barragens mais críticas que a de Brumadinho

• Isenção de visto a chineses também não tem prazo para sair, diz Eduardo Bolsonaro

Após viajar 700 km de ônibus do Recife até Petrolina, o Náutico entrou em campo neste domingo (26) e arrancou a primeira vitória no Campeonato Pernambucano 2020 ao bater a Fera Sertaneja por 1x0, em jogo válido pela segunda rodada da primeira fase. O gol foi marcado por Erick, já nos minutos finais da partida. Com o resultado, o Timbu, que vinha de um empate com o Sport na estreia (1x1), foi a quatro pontos, chegando à terceira posição, atrás de Afogados da Ingazeira e Santa Cruz, ambos com seis pontos. Já o Petrolina segue sem pontuar, na lanterna da classificação.

Com um gramado sacrificado no estádio Paulo Coelho, os times tiveram dificuldades para trabalhar a bola. Na primeira etapa, o Náutico quase não chegou próximo à meta do goleiro Tigre, que pouco foi exigido. Um tanto lento, o time alvirrubro foi pouco produtivo nos 45 minutos iniciais. O Petrolina também não mostrou muita eficiência ofensiva, o que deixou o jogo preso no meio de campo, com muitos erros de ambos os lados e alguns lances feios até.

No retorno após o intervalo, a chegada da chuva deixou a expectativa ainda mais baixa para a etapa complementar. Mas os times passaram a arriscar mais de longa distância e as mudanças dos treinadores também ajudaram. A entrada de Guillermo Paiva no lugar de Salatiel, por exemplo, deu mais qualidade ofensiva ao Náutico, que conseguiu finalizar mais. Os donos da casa também melhoraram após as mexidas e quase abriram o placar em duas oportunidades. Primeiro teve uma cabeçada de Marcos Artur, que subiu mais que a zaga timbu após cobrança de escanteio. Pouco depois, o lateral-direito Nem arriscou de longe e acertou o travessão de Marcão.

Foi quando o Náutico, melhor fisicamente, desceu em contra-ataque e, após trocar passes, Guillermo Paiva tocou para Erick, que colocou a bola no fundo das redes, já aos 43 minutos. O Petrolina ainda tentou responder, mas não conseguiu criar chances reais de empate. O próximo compromisso do Náutico pelo Estadual é em casa, contra o Decisão, quarta-feira (29), às 21h30. Já o Petrolina visita o Salgueiro no próximo domingo (2), às 16h.

Ficha técnica

Petrolina 0

Tigre; Nem, Nildo (Renan Montanha), Marcos Arthur e Wallace; Daniel Costa (Ramires), Cícero Mateus e Marquinhos Bahia (Cleiton); James Dean, Dênis e João Douglas.

Náutico 1
Marcão; Bahia, Ronaldo Alves, Diego e Erick Daltro (Itambé); Luanderson, Wagninho e Jorge Henrique (Lucas Paraíba); Erick, Jefferson Nem e Salatiel (Paiva). Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Local: Paulo Coelho (Petrolina/PE)
Árbitro: Nairon Pereira de Lira. Assistentes: Francisco Chaves Bezerra Junior e Victor Matheus de Lavor Paes Barreto
Gols: Erick (aos 43 do 2ºT)
Cartões amarelos: Dênis, Nem, Tigre (P); Lucas Paraíba, Paiva (N)

Veja também

Em briga direto pelo G4, Náutico encara o Vasco
Futebol

Em briga direto pelo G4, Náutico encara o Vasco

Neymar se recupera e pode atuar no duelo PSG x Olympique Marseille
Futebol Internacional

Neymar se recupera e pode atuar no duelo PSG x Olympique Marseille