Com gol no fim, Náutico vence e assume liderança do PE

Liderança do Estadual pode ser alterada na quinta, com os jogos de Sport e Central contra Afogados e América, respectivamente

Luiz Henrique, meia do NáuticoLuiz Henrique, meia do Náutico - Foto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

O Campeonato Pernambucano tem um novo líder e ele veste vermelho e branco. Com um gol de Josa no apagar das luzes, o Náutico derrotou o Salgueiro por 1x0, nos Aflitos, ocupando o topo da tabela, com 15 pontos, e chegando ao nono jogo de invencibilidade na temporada. A liderança, vale citar, pode ser perdida nesta quinta (28), caso Sport ou Central ganhem seus respectivos compromissos perante Afogados e América.

Apostando novamente em time formado quase todo por atletas da base (sete ao todo), o Náutico manteve também a mesma postura que rendeu a vitória por 3x1 diante do Afogados, na rodada anterior. No lado esquerdo, com Josa improvisado na lateral, poucas ações ofensivas. Na direita, com Hereda, muitas jogadas de infiltração e cruzamentos rasteiros. Robinho apareceu bem em dois deles, com Luciano evitando o gol em ambos os lances.

O Náutico teve mais posse de bola no primeiro tempo, trocava passes com certa tranquilidade e conseguiu bons contra-ataques. Na frente, Robinho e Thiago tentavam furar o bloqueio defensivo com jogadas individuais. Diferente de outras partidas, o problema não estava no último passe, mas sim em quem ficava com a missão de definir as jogadas – a ausência do seu artilheiro, Wallace Pernambucano, pesou nos 45 minutos iniciais. Dono do melhor ataque do Estadual, o Salgueiro ficou retraído e só chegou com perigo uma vez, em falta cobrada por Guilherme.

O segundo tempo começou com um déjà vu: novamente Robinho teve ótima chance de marcar, mas esbarrou na defesa de Luciano. Em compensação, o Salgueiro voltou bem diferente com as entradas dos titulares Tarcísio e Muller, esse último um dos artilheiros do clube na competição.

Pelos erros de passe, as raríssimas jogadas de contra-ataque e o ritmo fraco do segundo tempo, o normal seria o jogo caminhar para o 0x0. Mas foi em seu momento menos inspirado que o Náutico conseguiu a vitória. Aos 44, Josa aproveitou rebote de Luciano após cobrança de falta de Luiz Henrique e, de voleio, cravou o nome do Timbu no topo do Estadual.

Ficha técnica

Náutico 1

Bruno; Hereda, Sueliton, Rafael Ribeiro e Josa; Jiménez (Gabriel Araújo), Luiz Henrique e Fábio Matos (Rafael Assis); Thiago, Robinho e Odilávio (Maylson). Técnico: Márcio Goiano

Salgueiro 0

Luciano; Guilherme, Jamerson, Igor João e Kevyn; Bruno, Mardley e Renato (Muller); João Paulo, Willian Anicete e Piauí (Tarcísio). Técnico: Sérgio China

Local: Aflitos (Recife/PE)
Árbitro: Luiz Sobral. Assistentes: Bruno Vieira e Fernando Antônio.
Gols: Josa (aos 44 do 2ºT)
Cartões amarelos: Jiménez, Hereda (N); Bruno, Kevyn (S)
Renda: R$ 17.586,00
Público: 1.967 pessoas

Veja também

Decisivo mais uma vez, Thiago Neves diz ser 'iluminado' nos momentos importantes
Sport

Decisivo mais uma vez, Thiago Neves diz ser 'iluminado' nos momentos importantes

Cruzeiro e Felipão rescindem contrato após permanência na Série B
Futebol

Cruzeiro e Felipão rescindem contrato após permanência na Série B