Com golaço de Fellipe Bastos, Sport vence e sobe na tabela

Em jogo duro, Sport vence o Atlético/PR por 1x0, nesta quarta-feira (06) e chega aos 18 pontos, chegando a assumir a vice-liderança do Brasileirão 2018

Sport x Atlético/PRSport x Atlético/PR - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Um Sport competitivo como não se via nos últimos anos. Quando não vai na qualidade, vai na força. Com um golaço do meio da rua de Fellipe Bastos, o Sport bateu o Atlético/PR, nesta quarta-feira (06), por 1x0, na Ilha do Retiro. Com o triunfo, o Leão chegou aos 18 pontos e assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro, em dez rodadas disputadas. Os rubro-negros voltam a campo neste sábado, contra o Vasco, fora de casa.

Leia também:
Fellipe Bastos brinca e comemora golaço pelo Sport
Anselmo aceita proposta árabe e está de saída do Sport
Sport promete quitar salários atrasados rapidamente

Dentro de campo, um Sport sem pulso na primeira etapa, jogando sem a fome de vencer de outrora. Sem a presença de Anselmo, o time parecia sentir a falta de uma referência no meio de campo. Com Deivid sendo o seu novo parceiro de setor, Fellipe Bastos passou ser o maior candidato a assumir o papel deixado por Anselmo. E foi nos pés dele que surgiu a primeira chance.

Aos 13 minutos, Fellipe Bastos arriscou e a bola passou perto, pegando na rede pelo lado de fora. Apesar do estilo peculiar de armar os seus times, Fernando Diniz até passou a envolver o Sport a partir dos 20 minutos, mas não conseguia penetrar no seguro sistema defensivo leonino.

Na etapa final, um "fator surpresa" fez toda a diferença. Após a calibrada no primeiro tempo, o volante Fellipe Bastos encheu o pé do meio da rua e acertou em cheio, marcando um golaço na Ilha do Retiro e abrindo o placar com apenas um minuto de bola rolando na etapa final. O gol destravou um pouco a partida, após um primeiro tempo frio.

Perdendo aos poucos o domínio do meio de campo, o Sport foi cedendo espaços ao Atlético/PR, que ia gostando cada vez mais da partida. Apesar das tentativas de explorar as laterais leoninas, o Furacão não conseguia criar novas oportunidades. Quando aconteceu, Magrão salvou em cabeçada de Pablo e garantiu os três pontos, fazendo a Ilha do Retiro explodir em festa.

FICHA DO JOGO

Sport 1

Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Ernando e Evandro (Durval); Deivid, Fellipe Bastos e Gabriel (Neto Moura); Marlone, Rogério (Michel Bastos) e Rafael Marques. Técnico: Claudinei Oliveira.

Atlético/PR 0

Santos; Wanderson, Thiago Heleno e Zé Ivaldo (Bruno Guimarães); Marcinho, Camacho (Bill), Lucho González e Carleto; Nikão (Bérgson), Raphael Veiga e Pablo. Técnico: Fernando Diniz.

Local: Ilha do Retiro (em Recife). Árbitro: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG). Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira e Ricardo Junio de Souza (ambos de MG). Gol: Fellipe Bastos (a 1 do 2ºT). Cartões amarelos: Deivid e Ronaldo Alves (Sport). Thiago Heleno, Nikão, Bérgson e Zé Ivaldo (Atlético/PR). Público e renda: não divulgados.  

 

Veja também

Às vésperas de decisões dentro e fora de campo, Nei Pandolfo tenta construir elenco de 2021
Santa Cruz

Às vésperas de decisões dentro e fora de campo, Nei Pandolfo tenta construir elenco de 2021

Bandeira e outros dez viram réus por incêndio no CT do Flamengo
Incêndio no Ninho

Bandeira e outros dez viram réus por incêndio no CT do Flamengo