Futebol

Com gols de pratas da casa, Náutico vence o Vera Cruz

Carpina e Júlio balançaram as redes no triunfo por 2x1, pelo Campeonato Pernambucano

Júlio marcou um dos gols da vitória do NáuticoJúlio marcou um dos gols da vitória do Náutico - Foto: Tiago Caldas/CNC

Os pratas da casa garantiram a vitória do Náutico por 2x1 diante do Vera Cruz, nesta quinta (17), no Antônio Inácio, pelo Campeonato Pernambucano. Carpina e Júlio balançaram as redes, em triunfo que colocou o Timbu na quarta posição, com nove pontos. O Tricolor é o nono, com um. 

O Náutico entrou em campo com um time inteiramente reserva. Medida para poupar o grupo principal para o jogo contra o CSA, domingo (20), no Rei Pelé, pela Copa do Nordeste. 

Na equipe de suplentes, estava o artilheiro alvirrubro no Pernambucano, Carpina, autor de três gols. De falta, o meia bateu com capricho para fazer o quarto dele no torneio e o primeiro do Náutico no confronto.

O gramado do Antônio Inácio não permitia um jogo com muito toque de bola. Assim como no lance do gol, o Náutico só chegou com perigo em cobranças de falta. No Vera Cruz, as melhores investidas eram nas costas de Thassio. Em um dos lances, Caveira parou no goleiro Bruno.

Os pratas da casa do Náutico novamente chamaram a responsabilidade. Robinho fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Julio, de cabeça, ampliar o placar. Comemoração que foi esfriada parcialmente dois minutos depois. 

Novamente um atleta da base protagonizou um lance decisivo. Desta vez, contra o Timbu. A bola acertou o braço de Carlão na grande área. Pênalti que Jailton bateu para diminuir a desvantagem e reanimar os mandantes.

Da mesma posição onde Carpina marcou o gol de falta, Synho também teve a chance de deixar o dele. Para a sorte dos alvirrubros, a cobrança de falta acertou a trave. Antes do fim, o clima, que já estava quente, com muitas faltas e cartões amarelos, esquentou de vez em confusão que gerou as expulsões de Júlio (Náutico) e Márcio (Vera Cruz). No fim, o 2x1 foi suficiente para o Timbu seguir perto do topo.

Rodada

No outro jogo do dia, o Salgueiro venceu o Afogados por 2x1, no Vianão. O Carcará o terceiro colocado do Estadual, com 10 pontos. A Coruja é a oitava, com três.

Ficha técnica

Vera Cruz 1

João; Synho (Ruan), Márcio, Jeferson e Cleyton; Ramires, Índio (Nego Biza), Matheus (Landoka) e Jailton (Edson); Vitinho; Braga e Vinícius Caveirinha. Técnico: Gabriel Lisboa

Náutico 2

Bruno; Thassio, João Paulo, Carlão e Luan; Richard Franco, Wagninho e Eduardo (Julio); Pedro Vítor (Luis Felipe), Carpina (Alemão) e Robinho (Kauan Maranhão (Jhon Kennedy)). Técnico interino: Marcelo Rocha

Local: Antônio Inácio (Vitória/PE)

Árbitro: Tiago Nascimento dos Santos. Assistentes: Francisco Chaves Bezerra Junior e Humberto Martins Dias Silva

Gols: Carpina (aos 12 do 1ºT), Julio (aos 4 do 2ºT) e Jailton (aos 7 do 2ºT)

Cartões amarelos: Índio, Jeferson, Matheus, Vinícius (V); Luan, Juninho, Carlão, Wagninho, Richard, Luis Felipe (N)

Cartão vermelho: Márcio (V); Júlio (N)

Veja também

Sem Bortoluzo e João Diogo, Santa terá mudanças no ataque
Futebol

Sem Bortoluzo e João Diogo, Santa terá mudanças no ataque

Condenado por estupro, Daniel Alves não poderá se aproximar da vítima por 9 anos e meio
justiça

Condenado por estupro, Daniel Alves não poderá se aproximar da vítima por 9 anos e meio