Com gosto de vingança, Sport visita Campinense pela Copa do Nordeste

Eliminado do Nordestão duas vezes pelo Campinense, Sport inicia tentativa de revanche em Campina Grande

Rithely volta ao meio de campo após quase um mês afastado, recuperando-se de uma contusãoRithely volta ao meio de campo após quase um mês afastado, recuperando-se de uma contusão - Foto: Anderson Stevens

 

Treinador novo, vida nova? Nem tanto. Com apenas um treinamento efetivo para armar o time, Ney Franco vai apostar mais na base da conversa e na manutenção do que vinha sendo feito pelo antecessor Daniel Paulista do que efetivamente em mudanças no Sport que encara o Campinense nesta quinta-feira (30), às 21h15, no estádio Ernani Sátiro, em Campina Grande, também conhecido como Amigão. O confronto é o primeiro da fase de quartas de final da Copa do Nordeste.

O segundo e decisivo duelo está marcado para a Ilha do Retiro, neste domingo. Pelo regulamento, os gols marcados fora de casa servem como critério de desempate. Por esse motivo a postura leonina não deve ser defensiva, mesmo atuando longe de seus domínios.

O duelo tem gosto de revanche para os pernambucanos. Em 2013 e 2016 eles foram desclassificados justamente diante dos paraibanos, nas quartas de final e semifinal, respectivamente. No ano passado, após vitórias simples das duas equipes em cada partida, a Raposa levou a melhor nos pênaltis. 
Na quarta-feira (29), em movimentação realizada pela manhã, no CT José Médicis, em Paratibe, o novo comandante conversou com o grupo todo e depois em separado com os titulares. Nas atividades parou por diversas vezes para mostrar alguns detalhes. Neste momento, pediu para que não fossem feitos registros de imagem. No final, deu a entender que irá manter a escalação utilizada da última vez que o Leão tinha a força máxima ofensiva, com Leandro Pereira no lugar de Everton Felipe, no lado direito do ataque.

Com a ausência de Diego Souza ontem - esteve com a Seleção Brasileira -, Ney Franco escalou Leandro Pereira pela direita, na função que ultimamente ele vinha exercendo, colocando no posto de armador central Everton Felipe, que deve ceder o lugar para DS87, confirmado como titular para o duelo.
Na lateral esquerda, Mansur treinou, mas Mena também será utilizado como titular, após servir à seleção chilena. Como não foi utilizado, a parte física do chileno não deve ser problema para encarar os paraibanos. Outra grande notícia para os leoninos é o retorno do volante Rithely.

Longe dos gramados há cerca de um mês, por dores na região lombar, o atleta vinha fazendo tratamento e retorna justamente agora, quando Ronaldo e Neto Moura estão lesionados e vetados pelo Departamento Médico. Com isso, Rodrigo será o seu companheiro na marcação. A grande dúvida é sobre a participação ou não de Reinaldo Lenis. O colombiano está recuperado de uma lesão na coxa direita, mas trabalhou em separado e dificilmente ficará como possibilidade no banco de reservas.

Campinense
Segundo colocado do Grupo A na fase classificatória, o time paraibano demitiu Sérgio China logo após a classificação e contratou Ney da Matta. Classificado antecipadamente para as semifinais do Campeonato Paraibano, a Raposa Feroz. Outra grande outra novidade deve ser a estreia do atacante Reinaldo Alagoano no time titular. O jogador chegou ao clube no começo da semana e já está regularizado.

FICHA DO JOGO

Campinense
Glédson, Osvaldir, Joécio, Paulo Paraíba e Gilmar; Negretti, Magno, Fernando Pires, e Jussimar; Augusto e Reinaldo Alagoano. Técnico: Ney da Matta.

Sport
Magrão, Samuel Xavier, Ronaldo, Durval e Mena; Rithely, Rodrigo e Diego Souza; Leandro Pereira, Rogério e André. Técnico: Ney Franco.

Local: Ernani Sátyro, o Amigão (Campina Grande)
Horário: 21h15
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)
Assistentes: Pedro Jorge Santos de Araujo e Wagner Jose da Silva (ambos de AL) Transmissão: EI MAXX 

 

Veja também

Mundial de Handebol: Brasil perde para Hungria por 29 a 23
Handebol

Mundial de Handebol: Brasil perde para Hungria por 29 a 23

Ídolo do Sport, Fumagalli vai ao hotel rubro-negro em São Paulo para apoiar jogadores
Sport

Ídolo do Sport, Fumagalli vai ao hotel rubro-negro em São Paulo para apoiar jogadores