A-A+

Com Ilha de volta, Sport recebe Retrô pelo Estadual

Para o confronto, o técnico Guto Ferreira deve poupar a base titular que empatou em 1x1 com o vitória, pela Copa do Nordeste

Estádio da Ilha do RetiroEstádio da Ilha do Retiro - Foto: Kleyvson Santos/Arquivo Folha de Pernambuco

Dia de estreia para os rubro-negros. Mesmo com os campeonatos já em andamento, a torcida do Sport ainda não havia matado a saudade da sua casa, a Ilha do Retiro. Desde que voltou a jogar em 2020, o Leão mandou seus confrontos na Arena de Pernambuco. A escolha aconteceu por conta das obras que estão acontecendo no estádio. Elas ainda não acabaram, mas as reformas atuais já foram suficientes para fazer com que o clube receba no Adelmar da Costa Carvalho o confronto de hoje, contra o Retrô, às 19h15, pelo Campeonato Pernambucano.

“Para terminar tudo, a gente ainda vai precisar e pelo menos um mês, mas o gramado já está bem melhor e estamos cuidando das outras áreas, como os banheiros, sala de imprensa, vestiários, arquibancadas, iluminação, entre outros pontos”, informou o vice-presidente de patrimônio do clube, Otávio Coutinho. O último jogo do Sport na Ilha do Retiro foi contra a Ponte Preta, no dia 20 de novembro, na penúltima rodada da Série B do ano passado, duelo que garantiu matematicamente o acesso do Leão à Série A.

Para o confronto, o técnico Guto Ferreira deve poupar a base titular que empatou em 1x1 com o vitória, pela Copa do Nordeste. Pelo Pernambucano, o Sport tem acionado pratas da casa e outros reservas. Outro motivo também foi levado em consideração. A partir de fevereiro, o clube terá uma maratona de jogos, envolvendo o Estadual, o Nordestão e a Copa do Brasil. Serão oito partidas em 26 dias.

Dos oito jogos, dois serão no interior de Pernambuco (Salgueiro e Central), um em Natal/RN e outro em Brusque/SC. "Acredito que mais de 80% do elenco já esteve dentro do campo jogando. Não tenho alternativa. Treino duas equipes e vou alternando. Essa semana agora foge das regras do jogo. Vamos estar em campo na terça e na quinta. A situação nos obriga a colocar determinada equipe. É o Sport em qualquer situação e queremos um time competitivo. Independente de quem estiver em campo, nós vamos estar sempre trabalhando pelo melhor", declarou. Com 25 vitórias, 20 empates e cinco derrotas pelo Leão, Guto Ferreira é o técnico com menos derrotas no clube (passados 50 jogos) no século, com aproveitamento de 63,3%.

A única vantagem do Sport nesta semana será o fato de que o próximo jogo do time, quinta, contra o Imperatriz/MA, pela Copa do Nordeste, também será no Recife, evitando uma viagem desgastante com apenas 48 horas de intervalo de um compromisso para o outro.

Ficha técnica

Sport

Maílson; Ewerthon, Chico, Adryelson e Luciano Juba; Ronaldo, Rithely, Alê Santos e Marquinhos; Ewandro e Juninho. Técnico: Guto Ferreira

Retrô

Jean; Matheus, Marlon, Marcelo Augusto e Keffel; Serginho Paulista, Jaildo, Fabiano Santos e Hericles; Willian Lira e Janderson. Técnico: Rômulo Oliveira

Local: Ilha do Retiro (Recife/PE)
Horário: 19h15. Árbitro: José Woshington da Silva. Assistentes: Francisco Chaves Bezerra Junior e Victor Matheus de Lavor Paes Barreto. Transmissão: Premiere

Veja também

Série D define dois últimos clubes que subirão à Série C de 2022
Futebol

Série D define dois últimos clubes que subirão à Série C de 2022

Dá, sim, para acreditar no acesso, Timbu!
Que Golaço!

Dá, sim, para acreditar no acesso, Timbu!