Futebol

Com Love, Sport aumenta lista de atletas que já jogaram pelo Leão e pela Seleção nos últimos anos

Cicinho, Diego Souza, André, Thiago Neves e Hernanes são outros nomes que usaram a amarelinha e o uniforme vermelho e preto

Hernanes se aposentou aos 36 anosHernanes se aposentou aos 36 anos - Foto: Anderson Stevens/ Sport Club do Recife

A contratação de Vagner Love para o Sport fez o clube aumentar a lista recente de atletas que vestiram a camisa da Seleção Brasileira e do Leão. Nos últimos 10 anos, outros seis nomes também fizeram a “dobradinha”.

Em 2012, Cicinho desembarcou no Sport, após passagens por Real Madrid e Roma. Não conseguiu evitar o rebaixamento do time à Série B e permaneceu até 2013, com 48 jogos e dois gols. 

Entre os anos de 2014 e 2015 e depois nas temporadas 2016/2017, a camisa 87 foi vestida por Diego Souza. De todos da lista, o meia-atacante foi quem mais se destacou no clube. Foi campeão estadual e artilheiro do Brasileirão de seis anos atrás. Foi pelo Leão, inclusive, que ele ganhou chances com o técnico Tite, na Seleção Brasileira. Ao todo, marcou 57 gols em 173 jogos. 

André jogou no Sport entre os anos de 2015, 2017, 2018 e 2021, com 45 gols em 127 jogos. Se as primeiras passagens foram boas, fazendo os pernambucanos gastarem 1,2 milhão de euros por 50% dos direitos do atleta, a última aparição não deixou saudades, com o centroavante tendo problemas com os dirigentes leoninos, acionando o clube na Justiça.

Com apenas 23 jogos e quatro gols, a passagem de Michel Bastos, lateral da Copa do Mundo de 2010, no Sport, em 2018, foi curta. A saída, tumultuada, com críticas do atleta aos dirigentes da época. Outro que saiu brigado com diretores foi o meia Thiago Neves, que disputou 46 jogos e marcou oito gols entre 2020 e 2021. O meia foi acusado de tumultuar o grupo. À época, ele rebateu. "Faço de tudo pra deixar o ambiente bom, mesmo passando por tudo isso que estamos passando. Até comprar chuveiros, aparelhos para a fisioterapia, frutas, tudo do meu bolso".

No ano passado, a aposta foi no meia Hernanes, presente na Copa de 2014. O jogador disputou apenas 17 jogos, sem gols marcados. Neste ano, o "Profeta" anunciou a aposentadoria.

Medalhões no Leão

Além dos atletas acima, o Sport também já teve alguns jogadores que chegaram com o status de "medalhões", casos dos meias Ibson, Hugo e Paulo Baier. O primeiro veio junto com Diego Souza, em 2014, mas sem o mesmo brilho do companheiro, com 18 jogos disputados e nenhum gol marcado. O segundo jogou entre os anos de 2012 e 2013, com 33 partidas e 10 gols. Baier atuou pelo Rubro-negro em 2009, com cinco gols em 13 confrontos.

Veja também

Por falta de quórum, assembleia para mudança de estatuto do Náutico é adiada
Náutico

Por falta de quórum, assembleia para mudança de estatuto do Náutico é adiada

PM acusado da morte de lutador de jiu-jitsu se entrega
São Paulo

PM acusado da morte de lutador de jiu-jitsu se entrega