Com nove na linha, Tite escala Firmino com Neymar no ataque

Na quinta (31), Tite deve colocar em campo o time que entrará em campo no domingo (3), diante da Croácia

Neymar encara marcação de WillianNeymar encara marcação de Willian - Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O técnico Tite começou o treino da tarde desta terça (29) da Seleção Brasileira ensaiando o time com apenas nove jogadores no campo reduzido.

Ele deixou de fora Coutinho e Gabriel Jesus e formou o meio campo com Fernandinho, Paulinho e Willian. Neymar e Firmino formaram o ataque.

O atacante do Liverpool se apresentou na noite de segunda (27) ao treinador. Ele teria que chegar no centro de treinamento do Tottenham somente na quarta (30). A defesa foi formada por Danilo, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís.

Neste domingo (3), a Seleção fará o primeiro amistoso na reta final de preparação para a Copa. O jogo será contra a Croácia, em Liverpool.

No dia 10, o Brasil enfrenta a Áustria, em Viena, no último amistoso antes de chegar na Rússia.

Leia também:
Tite cria variações e tenta evitar erros de Dunga e Felipão
Firmino antecipa chegada à seleção em Londres
Neymar diz que não está 100% e foge de pergunta sobre Real


Nesta quarta (30), Casemiro e Marcelo se apresentam em Londres e Tite poderá contar com todos os convocados. Fagner e Douglas Costa não participaram do treino desta terça com os demais companheiros. Eles realizaram exercícios separadamente no campo. Os dois se recuperam de lesão na coxa.

A segunda parte do treino foi fechada aos jornalistas.

Na quinta (31), o treinador deve colocar em campo o time que entrará em campo no domingo.

Em Liverpool, Neymar voltará a jogar a primeira partida desde que fraturou o osso do pé direito, em fevereiro, no clássico contra o Olympique de Marselha, pelo Campeonato Francês.

Veja também

Acompanhe todos os lances de Náutico x Vila Nova/GO, pela quarta rodada da Série B do Brasileiro
Série B

Acompanhe todos os lances de Náutico x Vila Nova/GO, pela quarta rodada da Série B do Brasileiro

Sobe para 53 o número de casos de Covid na Copa América
Coronavirus

Sobe para 53 o número de casos de Covid na Copa América