Com receio de protesto, Náutico evita encontro com torcida no aeroporto

Elenco alvirrubro chegou de viagem após a derrota para o Guarani de Juazeiro

Sem presença de atletas, torcida não protestouSem presença de atletas, torcida não protestou - Foto: Rafael Furtado

Poucos torcedores estiveram na manhã desta quinta (16), no Aeroporto Internacional dos Guararapes, na expectativa de ver o retorno dos jogadores do Náutico. Mas a recepção não seria calorosa, afinal, o clube foi eliminado da Copa do Brasil após a derrota por 1x0 para o Guarani de Juazeiro, no Romeirão. A ideia era protestar, mas quem foi com esse intuito acabou perdendo tempo. Com receio de uma manifestação, a delegação alvirrubra optou por “fugir” da torcida, não saindo pelo portão de desembarque.

Assim que o avião que trouxe o Timbu de Juazeiro do Norte pousou no Recife, a assessoria de imprensa da Infraero informou que o time sairia por trás do aeroporto, evitando o contato com os torcedores.

Chateados com a má fase do time, alguns alvirrubros colocaram nos ombros da diretoria o peso maior pela crise precoce em 2017. “Fizemos péssimas contratações. Entra um, sai outro e nada muda. Os diretores são os maiores culpados. Quem botou Dado lá foi ela, então ela é a maior culpada”, frisou o estudante Álvaro Leal.

Para Alfredo Bianchi, a saída de Dado foi inevitável por conta dos péssimos resultados e do ambiente interno do clube. “Eu não concordo em demitir precocemente treinador, mas eu achei que era o melhor a se fazer por conta do clima”, afirmou. O clube ainda não anunciou o nome do substituto de Dado, mas já tem alvirrubro com saudades de ex-comandantes. “Eu traria Givanildo Oliveira. Acho, inclusive, que ele nem deveria ter saído. Tem também Dal Pozzo, outro bom nome”, pontuou.

Veja também

Louzer acompanhará Sete de Setembro x Sport in loco
Sport

Louzer acompanhará Sete de Setembro x Sport in loco

Técnico da seleção masculina de vôlei, Renan Dal Zotto é internado no Rio com Covid-19
Vôlei

Técnico da seleção masculina de vôlei, Renan Dal Zotto é internado no Rio com Covid-19