A-A+

Jogos Olímpicos

Com recorde de Durant, EUA vencem República Tcheca e estão nas quartas do basquete

Time vai às quartas de final como segundo lugar do grupo A, atrás apenas da França

Duran quebra recordeDuran quebra recorde - Foto: Gregory Shamus/Getty Images

No último jogo da primeira fase do torneio masculino de basquete dos Jogos Olímpicos de Tóquio, os Estados Unidos encararam a República Tcheca, neste sábado (31), pelo Grupo A e venceram com facilidade por 119 a 84. Destaque para Kevin Durant, que marcou 23 pontos e se tornou o maior cestinha norte-americano em Jogos Olímpicos, quebrando a marca que pertencia a Carmelo Anthony.

A marca anterior de Carmelo era de 336 pontos em quatro Olimpíadas. Durant, que já venceu duas medalhas de ouro com a seleção americana de basquete, alcançou 354 pontos com a atuação de hoje. Nos três confrontos dos americanos em Tóquio-2020 (França, Irã e República Tcheca), o jogador do Brooklyn Nets somou 43 pontos.

Esta foi a segunda vitória seguida da seleção norte-americana, que iniciou sua caminhada nas Olimpíadas com derrota para a França e se recuperou diante do Irã, na segunda rodada. Assim, os EUA se garantiram nas quartas de final na segunda colocação da chave - os franceses, que venceram suas três partidas, passaram em primeiro.

Os tchecos estão eliminados da competição. Eles não podiam perder por mais de 32 pontos para conseguir uma vaga como um dos melhores terceiros colocados. Agora, a vaga fica entre Japão e Argentina, que se enfrentam pelo Grupo C e garantem um lugar entre os oito melhores com qualquer triunfo. A Alemanha, no grupo B, se classificou nesta situação.

O JOGO

A seleção tcheca começou dando trabalho para os americanos, que sofriam para fechar o bloqueio do rival nas ações ofensivas.
Durante o primeiro quarto a equipe tcheca chegou a abrir uma vantagem de 10 pontos, e fechou a primeira parte do jogo na frente, com 25 a 18.

Mas no segundo quarto os norte-americanos se encontraram no jogo. Com os chutes de três calibrados, a vantagem tcheca foi caindo até que, faltando seis minutos para o intervalo, Kevin Durant colocou nos EUA em vantagem pela primeira vez.

A cesta também valeu recorde para o jogador do Brooklyn Nets, que ultrapassou Carmelo Anthony como maior cestinha da seleção norte-americana em Jogos Olímpicos.

Nos segundos finais do quarto, Blake Schilb acertou uma cesta de três que manteve os tchecos no placar, mas os EUA saíram em vantagem com 47 a 43.

O equilíbrio acabou a partir do terceiro quarto. Acertando muitas bolas de três e com um jogo mais sólido na defesa, a seleção americana se impôs e abriu vantagem. Com o placar de 35 x 17 apenas nesta parcial, os EUA abriram 22 pontos de vantagem, marcando 82 a 60.

Com o tchecos precisando evitar uma derrota elástica para ainda ter chances de classificação, o nervosismo aumentou e os EUA tiraram vantagem, aumentando ainda mais o controle do jogo, e, com uma parcial de 37 a 24, fecharam o jogo em 119 a 84.

Veja também

Presidente da Fifa diz que Copa a cada dois anos fará o 'futebol verdadeiramente global'
Copa do Mundo

Presidente da Fifa diz que Copa a cada dois anos fará o 'futebol verdadeiramente global'

Nintendo aumenta preços do Switch Online com chegada de pacote adicional e internautas reclamam
TECNOLOGIA E GAMES

Nintendo aumenta preços do Switch Online com chegada de pacote adicional e internautas reclamam