Futebol

Com testes na seleção, Weverton ganha titularidade contra a Colômbia

"O Tite é detalhista para analisar todas as características. Se ele me deu essa oportunidade, é porque confia no meu trabalho", disse o goleiro

WevertonWeverton - Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O goleiro Weverton vai ser o titular da seleção brasileira diante da Colômbia às 21h desta quarta-feira (23), em confronto válido pela quarta rodada da Copa América. Tite fechou o treinamento de segunda (21) até na CBF TV e ainda não confirmou a sua equipe, mas a dica da mudança na formação ficou por conta da entrevista coletiva marcada para esta terça (22), em que o próprio atleta confirmou a oportunidade.

"O Tite é detalhista para analisar todas as características. Se ele me deu essa oportunidade, é porque confia no meu trabalho. Preciso fazer o meu melhor, estou feliz com a oportunidade e por poder jogar neste momento", afirmou o atleta. "A gente sabe o quanto é concorrida a posição de goleiro -e sempre foi no histórico da seleção. É procurar fazer o melhor, agarrar a oportunidade e fazer uma atuação de grande nível. Procurar se firmar, esse é o objetivo", completou.

Assim, o técnico completa o rodízio entre os três jogadores da posição. Na estreia, contra a Venezuela, o titular foi Alisson. Depois, contra o Peru, foi a vez de Ederson ser o titular. Na terceira rodada, a seleção folgou. O goleiro do Palmeiras já tinha sido titular contra a Bolívia e contra o Peru pelas Eliminatórias da Copa, em outubro do ano passado, quando o Brasil venceu por 5x0 e por 4x2, respectivamente.

Tite já havia deixado claro que usaria a Copa América para fazer testes e rodar seu elenco. Da estreia para o segundo jogo, o técnico tinha promovido várias trocas e até observou que o ritmo do time caiu por essa questão.

Veja também

Simone Biles desiste de disputar final do individual geral das Olimpíadas
Jogos Olímpicos

Simone Biles desiste de disputar final do individual geral das Olimpíadas

Ex-judocas brasileiros mostram indignação com eliminação de Maria Portela nas Olimpíadas
Jogos Olímpicos

Ex-judocas brasileiros mostram indignação com eliminação de Maria Portela nas Olimpíadas