Esportes

Com zaga mantida, Santa pode ter novidades no ataque

Regularizado, meia Celsinho vive expectativa da estreia, enquanto atacante Dudu deve voltar ao ataque tricolor

Celsinho, meia-atacante do Santa CruzCelsinho, meia-atacante do Santa Cruz - Foto: Jota Santana/Santa Cruz

Ao chegar no Santa Cruz, Milton Mendes falou que o trabalho que estava sendo feito por Leston Júnior era bom. Entretanto, o novo comandante coral alertou sobre uma possível queda de rendimento de alguns atletas que vinham sendo escalados nos últimos jogos da equipe, que segue sem vencer na Série C do Brasileiro. Não se sabe ao certo de quais jogadores Milton estava falando, mas depois do primeiro treino dele com o grupo deu para notar mudanças no possível time titular.

Conhecido por ser um técnico moderno e que gosta do jogo ofensivo, o treinador manteve a espinha dorsal do sistema defensivo e testou uma nova formação do meio para frente, saindo do 4-4-3 do antigo treinador para um 4-4-2, pelo menos na teoria. A zaga foi formada por Marcos Martins, William Alves, João Victor e Bruno Ré - este último na vaga do suspenso Carlos Renato -, e o volante Charles seguiu na equipe, ao lado de Allan Dias, recuado para atuar como segundo volante, posição que já desempenhou com a camisa coral. Na criação, dois recém-chegados. Everton, titular dos últimos dois jogos, e Celsinho, regularizado na última quinta (23), terão a missão de serem as mentes pensantes.

Leia também:
Elogiado, Danny Morais deve ser homem de confiança de Milton Mendes
Primeiro treino de Milton tem conversa e possíveis titulares


No ataque também houve mudança. Se nos últimos dois jogos o Tricolor teve Augusto, Misael e Pipico, na primeira demonstração de Milton Mendes, quem fez parceria com o camisa 9 foi Dudu. Após perder as últimas cinco partidas por conta de um estiramento na coxa direta, o atleta de 23 anos voltará a ser relacionado contra o ABC. Os dois primeiros citados deverão ser opções para dar velocidade à equipe, assim como Elias Carioca, que depois de um início promissor, caiu de rendimento. Para a vaga de Pipico, o comandante pode contar com Guilherme Queiroz.

Novas opções também devem surgir vindo da base. Isso porque Milton Mendes pediu a integração do técnico Paulo Massaro, do sub-23, à comissão técnica do profissional. A ideia é que jogadores da equipe principal e jovens que irão representar o clube no Brasileiro de Aspirantes trabalhem mais vezes juntos. Do atual grupo coral, participaram do último campeonato de Aspirantes os defensores Augusto Potiguar e João Victor, além do volante Ítalo Henrique e o atacante Elias.

Na manhã desta sexta-feira (24), o técnico comanda o último treino, no qual deve definir a equipe que entrará em campo contra o ABC, neste sábado (25), no Arruda, às 19h15.

Veja também

Presidente da CBF comenta sobre caso de Paquetá: "A princípio, não há uma condenação"
Denúncia

Presidente da CBF comenta sobre caso de Paquetá: "A princípio, não há uma condenação"

Ronaldinho comanda jogo beneficente para vítimas de inundações no RS
Solidariedade

Ronaldinho comanda jogo beneficente para vítimas de inundações no RS

Newsletter