A-A+

Comissão técnica e jogo de despedida à disposição de Cardoso

Pedido para que Tiago continue fazendo parte do Santa foi feito pelo presidente do clube, Constantino Júnior

Tiago Cardoso encerrou a carreiraTiago Cardoso encerrou a carreira - Foto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

A última quarta-feira (22) ficou cravada como um dia emblemático e atípico para o Santa Cruz. Tiago Cardoso anunciou sua aposentadoria neste dia, após 276 jogos disputados pelo Tricolor, nos seis anos em que se fez presente no Arruda, em sua primeira passagem pelo clube - 2011 a 2016. Dores no joelho colocaram um ponto final na perpetuação da história entre o agora ex-atleta e a Cobra Coral. Mas, por enquanto, a despedida se resume aos gramados. O presidente do Santa, Constantino Júnior, convidou Cardoso para integrar a comissão técnica, dando passe livre para que o ex-goleiro possa escolher “qualquer” cargo, citando ainda um jogo de despedida para fechar com chave de ouro a passagem do ídolo coral pelo clube.

"Estou muito triste, mas queria falar que Tiago, por nós, por mim, pelo nosso vice-presidente e por todas as pessoas que compõem o futebol, foi convidado para fazer parte da nossa comissão técnica. Ele pode até dizer o cargo: preparador de goleiro, chefe de comissão técnica, porque é importante ter um líder no vestiário e um vencedor. Então, Tiago está convidado a fazer parte da nossa comissão técnica. Vai agregar muito. Gostaria muito de contar com Tiago na continuidade desse projeto. Muito triste por perder Tiago dentro de campo, mas na expectativa, a bola está com ele. Ele tem todo o momento para pensar com sua família, mas ficarei muito feliz se Tiago aceitar esse nosso convite", pediu.

Diante do pedido, Cardoso pregou cautela, disse que vai conversar com a família sobre o assunto e, assim, tomar uma decisão sobre a proposta.

“Pra mim agora é muito novo. Eu agradeço a disponibilidade do clube em me ajudar, em eu poder estar ajudando de alguma forma. Mas preciso parar com minha esposa, com os meus filhos para tomar uma decisão. Primeiramente, eu creio que tem que haver uma preparação, sei que o conhecimento dos vestiários tenho, o respeito de atletas, funcionários e torcida. Mas acredito que tudo o que você for fazer tem que ter uma preparação, tem que fazer as coisas com calma, com tranquilidade e esse não é o momento", disse Cardoso.

O adeus de Tiago Cardoso aos gramados deve ser simbolicamente representado em um jogo de despedida, que já está sendo pensado pela diretoria do Santa Cruz. “Já estou sabendo que o pessoal está preparando algo para o sábado. Não sei o que é. Até falei para o meu empresário: ‘rapaz, eu sou meio sem jeito para essas coisas. Mas vou ficar grato e vai ser válido realmente se isso acontecer. Estar junto da torcida. Meu filho e minha filha queriam vir no jogo de qualquer forma, minha esposa, queria está no estádio. Acho que isso já vai ser um momento válido, um momento com certeza gravado na memória para sempre”, projetou.

Constantino confirmou e ainda convocou a torcida para o confronto do próximo sábado (25) entre Santa Cruz x Bahia, às 16h, no Arruda, pela primeira rodada da Copa do Nordeste. Na ocasião, o mandatário coral falou da importância da presença da torcida, também para homenagear o “Paredão”.

“Jogo de despedida é claro que leva um pouco mais de tempo. Pra honrar esse histórico, estamos pensando em fazer uma despedida bonita. Agora, eu queria convocar o torcedor para o grande clássico de sábado, e aquele que estava em dúvida de vir, venha, porque vamos homenagear Tiago. É muito importante a gente encher a casa, 35 mil, 40 mil, 50 mil pessoas, que seja, aplaudindo Tiago por toda história e trajetória que ele construiu”, finalizou Constantino.

Leia também:
Tiago Cardoso está de volta ao Santa Cruz
Com dores no joelho, Tiago Cardoso analisa aposentadoria
Sem ritmo de jogo, Tiago Cardoso inicia preparação no Santa Cruz

 

Veja também

Caso Pedro Henrique: STJD arquiva denúncia contra o Sport
Futebol

Caso Pedro Henrique: STJD arquiva denúncia contra o Sport

Em vídeo emocionado, jogador australiano se assume homossexual: "Quero inspirar"
FUTEBOL

Em vídeo emocionado, jogador australiano se assume homossexual e faz história