Condenado no caso Lucas Lyra tem mandado de prisão expedido

A condenação, confirmada pelo TJPE, tem a duração de oito anos de reclusão, em regime inicial de cumprimento da pena no regime fechado

Lucas LyraLucas Lyra - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) informou, nesta quarta-feira, que, por unanimidade, a 2ª Câmara Criminal, manteve o resultado de julgamento e determinou que fosse expedido o mandado de prisão para José Carlos Feitosa Barreto, condenado pelo crime de tentativa de homicídio qualificado contra Lucas de Freitas Lyra. 

A condenação, confirmada pelo TJPE, tem a duração de oito anos de reclusão, em regime inicial de cumprimento da pena no regime fechado. José Carlos Feitosa Barreto também teve indeferido o seu pedido de mudança de regime de cumprimento de pena para outro mais benéfico. 

Leia também:
Caso Lucas Lyra: Réu é condenado a oito anos de prisão
Confira detalhes do julgamento do caso Lucas Lyra 

José Carlos Feitosa Barreto havia sido condenado a oito anos de prisão em julgamento popular no ano passado. Lucas de Freitas Lyra levou um tiro na cabeça durante uma confusão na frente do estádio dos Aflitos, no Recife. 

Veja também

Sem acertar o gol, Jô soma polêmicas e tem 'nova folga' no Corinthians
Futebol

Sem acertar o gol, Jô soma polêmicas e tem 'nova folga' no Corinthians

Lesão tira Haaland do Borussia Dortmund até janeiro
Futebol

Lesão tira Haaland do Borussia Dortmund até janeiro