Confiança do elenco é a meta na Ilha

No comando do Sport há menos de dez dias, Daniel Paulista prioriza a autoconfiança dos jogadores

Plenário da Casa cheio de autoridades e deputadosPlenário da Casa cheio de autoridades e deputados - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

 

São apenas nove dias no posto, mas os desafios não pedem licença. Neste curto espaço de tempo, o treinador Daniel Paulista já venceu uma partida, contra o Vitória, no último domingo, e tem nada mais nada menos que o líder do Brasileirão pela frente, neste domingo (23), no Allianz Parque.

Técnico do Sport desde o último dia 13, um dia após Oswaldo de Oliveira ter se despedido oficialmente para dirigir o Corinthians, Daniel sabe que o tempo é escasso e vai mesclando fatores táticos com psicológicos para, assim, conseguir evitar a queda leonina nesses sete jogos restantes na Série A.

Com uma metodologia semelhante à utilizada por Eduardo Baptista, responsável por aceitá-lo como seu auxiliar-técnico, Daniel deixou claro que não adianta focar apenas nos trabalhos de formatação e movimentação das peças no momento, pois não há espaço suficiente na agenda neste final de ano.

“Eu procuro fazer um pouco das duas coisas, mas, neste momento, a parte psicológica é muito importante, focando na confiança dos jogadores. Cobro sempre que eles tentem, arrisquem mais e nunca se omitam. O erro faz parte, mas é preciso tentar“, comentou o novo comandante leonino.

Para conseguir elevar ainda mais “confiança” do seu plantel, Daniel Paulista resolveu manter a mesma escalação titular utilizada diante do Vitória. Com isso, Gabriel Xavier, que retorna de suspensão, perdeu a vaga para Rodney Wallace no lado esquerdo ofensivo.

Durante a semana, o treinador até ensaiou um esquema mais defensivo, com três volantes, mas, no treinamento de ontem, confirmou ter sido apenas um teste. Na situação, Everton Felipe havia sido sacado e Neto Moura escalado para ajudar Rithely e Paulo Roberto no setor de marcação.

“Foi apenas uma situação de jogo. Quero manter a mesma escalação até mesmo para dar sequência ao time. Caso não tenha nenhuma baixa, vou repetir a escalação”, afirmou.

Na última sexta (21), Rogério e Rodney foram poupados das atividades por cansaço muscular, mas devem ser liberados hoje, de acordo com a expectativa dos médicos. Quem também está liberado é o atacante Ruiz. Após ficar fora por cinco rodadas por conta de uma lesão na coxa esquerda, o colombiano treinou normalmente nesta semana e será opção no banco de reservas.

Puxando para o histórico recente das equipes, o Leão leva a melhor. Nos últimos cinco encontros, foram três vitórias dos leoninos, um empate e um triunfo dos alviverdes. Fora de casa, o Sport bateu o Verdão nos derradeiros encontros, inclusive no primeiro jogo oficial do Allianz Parque, em 2014, com gols de Ananias e Patric, “batizando” o estádio palmeirense.

 

Veja também

Com classificação encaminhada, Martelotte garante seriedade: "Não vamos relaxar nem desconcentrar"
Santa Cruz

Com classificação encaminhada, Martelotte garante seriedade: "Não vamos relaxar nem desconcentrar"

Santa Cruz vence Botafogo/PB por 1 a 0 e alcança marca histórica de 27 pontos na competição
Série C

Santa Cruz vence Botafogo/PB por 1 a 0 e alcança marca histórica