Copa do Mundo

Confira as 23 jogadoras convocadas por Pia Sundhage para a disputa da Copa do Mundo

Seleção estreia na Copa do Mundo no dia 24 de Julho, contra o Panamá, em Adelaide

Pia Sundhagen, treinadora da SeleçãoPia Sundhagen, treinadora da Seleção - Foto: Thais Magalhães/CBF

Nesta terça-feira (27), a treinadora da Seleção Brasileira de futebol feminino, Pia Sundhage convocou as 23 atletas que estarão representando o país na Copa do Mundo da Austrália e Nova Zelândia. Na lista promovida pela técnica, algumas surpresas surgiram com a chamada de jogadoras que não eram chamadas há anos. Confira a lista. 

Goleiras: Letícia Izidoro (Corinthians), Camila (Santos) e Bárbara (Flamengo)

Defensoras: Antônia (Levante), Bruninha (NY Gotham), Kathellen (Real Madrid), Rafaelle, Mônica (Madrid CFF), Lauren (Madrid CFF) e Tamires (Corinthians)

Meio-campistas: Duda Sampaio (Corinthians), Kerolin (North Carolina), Luana (Corinthians), Adriana (Orlando Pride), Ana Vitória (Benfica) e Ary Borges (Louisville City), 

Atacantes: Geyse (Barcelona), Andressa Alves, Nycole (Benfica), Bia Zaneratto (Palmeiras), Gabi Nunes,  Debinha (Kansas City) e Marta (Orlando Pride)

 

As jogadoras Tainara, Aline Gomes e Angelina foram selecionadas pela técnica Pia Sundhage para a lista de suplentes da Copa do Mundo. 

Surpresas e ausências 

A lista definida por Pia trouxe algumas novidades, com nomes que não fizeram parte do ciclo completo desde a chegada da sueca no comando. Com a ausência de Lorena, goleira considerada titular, surgiu uma vaga em disputa. Mesmo não vivendo grande fase no Flamengo, a pernambucana Bárbara foi a escolhida e estará em seu quinto mundial. Defendendo a convocação da atleta revelada no Sport, a treinadora citou a bagagem que a goleira tem. “A Lorena se machucou e agora temos a Lelê (Letícia Izidro) como nossa primeira goleira. Com toda a experiência que a Bárbara tem, vai trazer força, que é muito bom para o time”, disse. 

Outro nome que pouco apareceu nas listas nos últimos quatro anos e aparece entre as 23 é da defensora Mônica, atleta do Madrid CFF e de 36 anos. A zagueira esteve entre as quinze atletas que passou uma semana treinando na Granja Comary até o último domingo. 

Pensando nos aspectos de experiência, qualidade e serviços já prestados com a amarelinha, Cristiane foi um nome sentido. Segunda maior artilheira da Seleção, a atacante já não fez parte das Olimpíadas de 2021. Na atual temporada, a jogadora do Santos vive grande fase, com 11 gols e duas assistências em 20 partidas. Ajudando o Peixe a chegar nas semifinais do Brasileirão.  

Preparação e jogos 

Depois de se apresentarem no dia 01/07, o Brasil terá um amistoso de preparação antes do início da Copa. A equipe enfrenta o Chile, no dia 2 de julho, às 10h30, no Mané Garrincha, em Brasília. O confronto será a despedida das jogadoras com a torcida local antes de seguir rumo à Oceania.

A Seleção está no Grupo F e estreia na Copa do Mundo no dia 24 de julho, diante do Panamá, em Adelaide. Na sequência, enfrenta a França, no dia 29, em Brisbane. A equipe fecha a participação na primeira fase, no dia 2 de agosto, contra a Jamaica, em Melbourne.

Veja também

Com gol de Lautaro Martínez, Argentina vence Colômbia e se torna maior campeã da Copa América
Copa América

Com gol de Lautaro Martínez, Argentina vence Colômbia e se torna maior campeã da Copa América

Sem dificuldades, Náutico goleia Figueirense e se aproxima do G-8 da Série C
Náutico

Sem dificuldades, Náutico goleia Figueirense e se aproxima do G-8 da Série C

Newsletter