Construção de pista de skate no Recife gera polêmica

Orçada em R$ 600 mil, obra do Estado em parceria com PCR tira pista de skate atual para construir uma mais moderna

Pista de skate foi ocupada por maquinário em parquePista de skate foi ocupada por maquinário em parque - Foto: Cortesia

A pista de skate do Parque Santana, localizado no bairro homônimo, amanheceu com um cenário diferente na quarta-feira (17). Ao invés dos usuários que costumam povoar o espaço desde as primeiras horas do dia, o local foi ocupado por maquinário para a demolição da estrutura, o primeiro passo do projeto que prevê a construção de um Skatepark com 12 novos equipamentos, como escadarias, corrimãos e rampas.

A obra é da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Estado (Seturel-PE), em parceria com o Ministério do Esporte e a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer da Prefeitura do Recife, e tem orçamento de R$ 600 mil, oriundos dos cofres da União. A intervenção faz parte do projeto de melhoria do Parque Santana como um todo, com objetivo de torná-lo mais atrativo para a população.

Leia também:
Cinco brasileiros na briga do mundial de skate street

Atualmente, a grande maioria dos usuários da pista do Parque Santana é do skate surf, além de iniciantes, crianças e adultos, pela característica mais simples da estrutura, sem grandes obstáculos. A perda desse perfil é, inclusive, um temor do público que frequenta o parque. Fora isso, o elevado investimento, visto que há várias pistas com obstáculos na Cidade, incluindo uma recém-inaugurada no Parque Santos Dumont, em Boa Viagem, além da Pista Marcelo Lyra, na Orla de Boa Viagem, e os espaços nos Parques da Macaxeira e do Caiara, na zona norte, também levantam questionamentos.

“A gente reconhece que a pista do Santana teve falhas em sua construção, mas, exatamente por isso, abriu um leque para um novo cenário, que são adultos acima dos 40, 50 anos, aprendendo ou retomando o andar de skate e a forte presença de crianças. Virou um espaço família, tanto que eu saio de Candeias com minha esposa e meu filho. O projeto novo, embora seja muito interessante, moderno, excelente, sobretudo para o street, não considera isso e pode mudar a característica do público. O questionamento não é sobre ter ou não espaço para o skate surf, mas de, em função de um discurso de modernidade, tirarem essa cultura familiar que foi criada e que só tem no Santana”, pontuou o professor e doutorando em administração, Thiago Camargo, de 38 anos.

“Ficamos sabendo da obra pelo disse me disse entre pessoas que trabalham no parque. Sondamos e descobrimos que a apresentação do projeto seria na terça-feira, mas já foi com um discurso de que vai ser muito moderno e que a demolição ia começar. Não houve uma conversa”, disse ele, contando que, após as várias reclamações, foi solicitada a criação de uma comissão para debater e acompanhar o andamento do projeto. O primeiro encontro acontece na tarde desta sexta, no próprio parque.

O Parque Santana possui área total de 63 mil metros quadrados, dos quais 1.655,49 metro quadrado serão ocupados pelo novo Skatepark, que, segundo o projeto, atenderá às várias ramificações do skate (street, freestyle, skate surf e patinação). A previsão para conclusão é de seis meses.

Em contato com a reportagem, a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Recife informou, através da sua assessoria, que o repasse dos dados relativos à obra, como valores e estudos técnicos, ficam a cargo da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Estado. A Folha de Pernambuco, então, procurou o superintendente de infraestrutura da Seturel-PE, Jorge Menezes, que defendeu a intervenção e justificou os ajustes que serão realizados no local.   

“A pista existente tem vários vícios construtivos, alturas equivocadas de corrimões e caixotes, além de usar somente 40% da área disponível. Então a prefeitura foi acionada para elaborar um projeto e realizamos a captação. A pista usará 100% da área, terá padrões internacionais, abrangerá todas as modalidades. Haverá níveis de rampas maiores e outras mais suaves, dando condições para todos os públicos. Em nenhum lugar do mundo tem espaço para crianças e adultos mais velhos em skateparks, mas, em respeito aos usuários e ao espírito que existe no Santana, essa terá, será muito democrática”, garantiu.

Veja também

Após convite, Dubeux rechaça chance de concorrer à presidência do Sport
Futebol

Após convite, Dubeux rechaça chance de concorrer à presidência do Sport

CR7 iguala recorde de gols por seleções e classifica Portugal; veja como ficaram duelos das oitavas
Eurocopa

CR7 iguala recorde de gols por seleções e classifica Portugal; veja como ficaram duelos das oitavas