Contra Juventude, Náutico tenta quebrar tabu que já dura cinco anos

A última vez que o clube conseguiu eliminar um adversário em duelo eliminatório nacional após perder a primeira partida fora de casa foi em 2014

Juventude x Náutico, no Alfredo JaconiJuventude x Náutico, no Alfredo Jaconi - Foto: Léo Lemos/Náutico

O Juventude não é o único adversário do Náutico no domingo (22), no jogo da volta das semifinais da Série C 2019 - os gaúchos venceram de virada na ida por 2x1, no Alfredo Jaconi. O Timbu também luta contra um antigo jejum que já dura meia década. A última vez que o clube conseguiu eliminar um adversário em um mata-mata nacional após perder a primeira partida fora de casa foi em 2014.

Há cinco anos, no dia 12 de março, o Náutico foi derrotado por 1x0 pelo Sergipe, no Presidente Médicis, no jogo de ida da primeira fase da Copa do Brasil. Na volta, no dia 9 de abril, triunfo dos pernambucanos pelo mesmo placar. A vaga foi decidida nas penalidades e os donos da casa ganharam por 3x1, na Arena de Pernambuco.

De lá para cá, o Náutico somou alguns insucessos. Ainda em 2014, na fase seguinte da Copa do Brasil, o time perdeu por 3x0 para o América/RN, em Natal, e só venceu por 2x0 na volta, na Arena de Pernambuco. Resultado insuficiente para avançar na competição.

Na Copa do Brasil do ano passado, o Náutico levou um revés de 3x0 para a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, e ganhou apenas por 1x0 no jogo da volta, na Arena de Pernambuco. Fechando o ciclo, o Timbu fracassou nas quartas de final da Série C 2018 ao ser derrotado por 3x1 para o Bragantino, no Nabi Abi Chedid, e empatar em 1x1 na Arena.

Para acabar com o jejum, os alvirrubros apostam na força dos Aflitos. Nos 23 jogos realizados no estádio em 2019, a equipe venceu 15, empatou cinco e perdeu apenas três, com um aproveitamento de 72,4%. Com o técnico Gilmar Dal Pozzo, o Náutico está invicto em seus domínios, com seis triunfos e três empates (77,7%).

Leia também:
Jean Carlos reforça desejo de permanecer no Náutico em 2020
Com convites de Chapecoense e Figueirense, Dal Pozzo fica no Náutico

Veja também

Uefa analisa Liga dos Campeões com mínimo de 10 jogos por time
Liga dos Campeões

Uefa analisa Liga dos Campeões com mínimo de 10 jogos por time

Após ganhar fôlego, Corinthians busca novo salto no Brasileiro
Futebol

Após ganhar fôlego, Corinthians busca novo salto no Brasileiro