Copa de Duplas de Tênis oferece experiência além do jogo

Torneio se prepara para sua primeira edição com boas expectativas e oferta de área de convivência

Rodrigo, Paulo e Giovane são os organizadores da competiçãoRodrigo, Paulo e Giovane são os organizadores da competição - Foto: Léo Malafaia

Ainda que não seja uma modalidade tão popular como o futebol, o tênis é um dos esportes que mais atraem adeptos fiéis no Brasil. Muitos deles inspirados no rico histórico de conquistas do País, que teve em Gustavo Kuerten e Maria Ester Bueno os seus maiores expoentes. Em Pernambuco não é diferente. São inúmeros apaixonados pelo esporte no Estado, conhecido por revelar nomes importantes. Alguns desses amantes da atividade estarão em ação ou na plateia acompanhando a 1ª Copa de Duplas de Tênis Lexus Recife, na próxima semana. Organizada por Paulo Belliato, Giovani Ulisses e Rodrigo Fulco, a competição será disputada entre os dias 17 e 20 de outubro, no Squash Tennis Center, e reunirá 150 duplas de Pernambuco, Alagoas, Rio Grande do Norte e Paraíba.

Leia também:
Meligeni lança livro com dicas para tenistas amadores e profissionais
Tenista João Menezes conquista ouro no Pan de Lima

O torneio foi idealizado pelos três amigos amantes e praticantes do tênis, primeiramente para funcionar como uma espécie de preparatório para o Campeonato Lagoa Azul, um dos maiores do Nordeste de duplas. Porém, o projeto dos pernambucanos cresceu tanto que conseguiu superar as expectativas ao ter o dobro de inscrições que estava previsto. A competição reunirá quatro categorias (Soma 4, Soma 7, Feminino Soma 3 e Soma 10). As somas representam as categorias (classes) dos jogadores. No torneio de Soma 4, por exemplo, a dupla poderá ter um atleta de primeira classe e um de terceira classe, ou dois de segunda. Quanto menor a soma, maior tende a ser o nível técnico de disputa.

Um dos diferenciais do torneio é a área de convivência. O evento contará com espaço gourmet, kids, fisioterapia, massagem, arquibancada coberta, exposição de carros e Sala VIP climatizada que todos poderão ter acesso. “Os outros torneios não proporcionam este espaço família. As pessoas simplesmente jogam e vão para casa. Por isso, nós pensamos nas outras pessoas que não vão jogar, mas vão acompanhar seus filhos, esposa ou marido. Então buscamos atrativos para todos continuarem lá conosco a fim de curtir o dia de uma forma diferente”, disse Giovani Ulisses, um dos organizadores do evento.

“Ao contrário do que muito se escuta, o tênis não é esporte de rico. Muito pelo contrário, nós que jogamos vemos diversos atletas jovens que vivem em situações complicadas e, com a ajuda do tênis, conseguem melhor na vida. Eu me arrisco a dizer que o tênis é o esporte mais inclusivo de Pernambuco”, afirmou Rodrigo Fulco.

As inscrições para o torneio, que distribuirá mais de R$ 9 mil em prêmios, já foram encerradas.

 

Veja também

Kleina lamenta gol cedido no fim diante da Chapecoense
Futebol

Kleina lamenta gol cedido no fim diante da Chapecoense

Náutico cede empate no fim e fica no 1x1 com a Chapecoense
Futebol

Náutico cede empate no fim e fica no 1x1 com a Chapecoense