Copa do Mundo feminina terá 32 equipes a partir de 2023

Decisão foi tomada após o sucesso do Mundial de 2019, realizado na França e encerrado no último dia 7

Estados UnidosEstados Unidos - Foto: Franck Fife/AFP

A próxima edição da Copa do Mundo feminina, em 2023, terá 32 seleções na disputa pela taça. A adição de 8 equipes foi aprovada por unanimidade pelo Conselho da Fifa na tarde desta quarta-feira (31). Como o processo de candidatura para a sede do torneio está em andamento, a novidade foi decidida remotamente pelo conselho, que irá se reunir novamente nos dias 23 e 24 de outubro.

"O surpreendente sucesso da Copa do Mundo Feminina da Fifa deste ano na França (encerrada no dia 7 de julho, com a seleção dos Estados Unidos campeã) deixou claro que é hora de manter o ritmo do futebol feminino. Fico feliz em ver essa proposta -a primeira de várias– se tornando uma realidade", disse o presidente da Fifa, Gianni Infantino.

O aumento de equipes mexeu com o cronograma de candidaturas a sede do próximo Mundial. Se algum país quiser entrar ou sair do processo de eleição, tem até agosto para fazê-lo. O prazo para apresentar as propostas foi adiado para dezembro deste ano.
Brasil, Argentina, Austrália, Bolívia, Colômbia, Japão, Coreias do Sul e do Norte (juntas) e África do Sul concorrem para receber a Copa de 2023. O vencedor será anunciado pela Fifa em maio do ano que vem.

Leia também:
Mundial feminino tem 1 milhão de ingressos vendidos


"A Copa do Mundo Feminina da Fifa é o gatilho mais poderoso para a profissionalização do futebol feminino, mas acontece apenas uma vez a cada quatro anos e é apenas o topo de uma pirâmide muito maior. Enquanto isso, temos o dever de estabelecer as bases e fortalecer a infra-estrutura de desenvolvimento do futebol feminino em todas as confederações", completou Infantino.

Veja também

Um a cada 10 gols do Brasileiro tem o carimbo da 'Lei do Ex'
Campeonato Brasileiro

Um a cada 10 gols do Brasileiro tem o carimbo da 'Lei do Ex'

Remendado, líder Santa visita o Manaus em confronto inédito pela Série C
Santa Cruz

Remendado, líder Santa visita o Manaus em confronto inédito pela Série C