Futebol

Copa do Mundo já tem mais de 1 milhão de ingressos vendidos

Secretário-geral do comitê organizador do Mundial diz que número foi "demanda recorde"

Taça da Copa do Mundo Taça da Copa do Mundo  - Foto: Divulgação / Fifa World Cup

O número de ingressos vendidos para jogos da Copa do Mundo de 2022 passou de 1,2 milhão após a segunda fase de vendas, "com uma demanda recorde", declarou nesta quarta-feira no Qatar Economic Forum o secretário-geral do comitê organizador do torneio, Hassan Al-Thawadi.

No total, os organizadores do primeiro Mundial em um país árabe informaram que foram registradas 40 milhões de solicitações de compra de ingressos, 17 milhões na primeira fase e 23 milhões na segunda.

"Acho que é um recorde de solicitações", declarou Al-Thawadi.

Ainda restam pouco mais de 3 milhões de ingressos disponíveis (2 milhões para venda e 1 milhão reservado para a Fifa e seus patrocinadores.

Para a próxima fase de vendas, cujas datas ainda não foram divulgadas, será aplicado o princípio de ordem de procura, ao invés de sorteio.

"As pessoas compram e têm vontade de vir, não há dúvida quanto a isso", comemorou Al-Thawadi, enquanto algumas associações de torcedores se preocupam com os preços de voos e hospedagens no rico emirado do Golfo Pérsico.

"Tentamos criar um ambiente no qual a economia tire benefícios, mas que também seja acessível para os torcedores, o que nem sempre é fácil de equilibrar", admitiu o dirigente. "Novos hotéis entram regularmente na plataforma de albergue destinada aos espectadores com ingressos", explicou.

Sobre a preparação do torneio, Al-Thawadi afirma que "as principais infraestruturas estão terminadas e agora estamos em uma fase operacional", que compreende os alojamentos e os itinerários.

Veja também

Marcelo Melo estreia com vitória nas duplas de Wimbledon; Bia Haddad também vence
Tênis

Marcelo Melo estreia com vitória nas duplas de Wimbledon; Bia Haddad também vence

Alison dos Santos fatura ouro e Thiago Braz bronze na Suécia
Atletismo

Alison dos Santos fatura ouro e Thiago Braz bronze na Suécia