FUTEBOL

Copa do Mundo: mesmo banido pela Fifa, Rubiales recebe proposta para trabalhar na Arábia Saudita

Ex-presidente da Federação Espanhola de Futebol foi punido por dar um beijo forçado na jogadora Jenni Hermoso durante a comemoração pelo título da Copa do Mundo

Mesmo banido pela Fifa, Rubiales recebe proposta para trabalhar na Arábia Saudita Mesmo banido pela Fifa, Rubiales recebe proposta para trabalhar na Arábia Saudita  - Foto: Thomas Coex / AFP

Banido pela Fifa após dar um beijo não consentido da jogadora Jenni Hermoso durante a celebração do título da Copa do Mundo de Futebol Feminino, conquistado pela Espanha, o ex-presidente da federação de futebol do país, Luis Rubiales, recebeu uma proposta milionária para assumir uma função estratégica na entidade máxima do futebol da Arábia Saudita.

A ideia do governo do país é usar o conhecimento e a influência de Rubiales nos preparativos para sediar o maior evento de futebol do mundo em 2034. A proximidade entre o dirigente e os mandatários do esporte no país vem de algum tempo, tanto que, graças a ele, uma edição da Supertaça de Espanha foi disputada em solo saudita.

O dirigente, no entanto, não pode atuar de maneira formal, uma vez que a punição dada pela Fifa prevê que ele não tenha qualquer relação com o mundo do futebol pelos próximos três anos. A informação da negociação foi revelada pelo jornal espanhol El Periodico.
 

Segundo a publicação, a escolha se deve ao fato de Rubiales ter sido um dos principais responsáveis pela candidatura de Espanha, Portugal e Marrocos para receber a Copa do Mundo de 2030.

Veja também

Primeiro jogo do Fortaleza desde atentado sofrido é interrompido por falta de condições do gramado
Copa do Brasil

Primeiro jogo do Fortaleza desde atentado sofrido é interrompido por falta de condições do gramado

Barcelona empata com Athletic Bilbao e perde Pedri e De Jong por lesão
La liga

Barcelona empata com Athletic Bilbao e perde Pedri e De Jong por lesão