Coreano abandona e Federer vai à 7ª final em Melbourne

Federer disputou sua 15ª semifinal na Austrália e agora encara o croata Marin Cilic na grande decisão

Federer vai disputar mais uma final na sua carreiraFederer vai disputar mais uma final na sua carreira - Foto: William West/ AFP

Com um incômodo no pé esquerdo, o sul-coreano Hyeon Chung abandonou a semifinal do Aberto da Austrália durante o segundo set, o que classificou o suíço Roger Federer para a sua sétima final do Aberto da Austrália após um jogo de 63 minutos.

A sensação do torneio, que ganhou notoriedade ao vencer Novak Djokovic nas oitavas, em nenhum momento ameaçou Federer, que vencia a partida por 6/1 e 5/2 no momento da desistência. Ele já havia pedido atendimento mais cedo, aparentemente para tratar de uma bolha no pé que dificultava a sua movimentação em quadra.

Em busca de seu sexto título do Aberto da Austrália, Federer faz uma campanha até aqui irretocável em Melbourne, sem ceder nenhum set. Na final, o suíço terá pela frente o croata Marin Cilic, tenista que venceu na decisão de Wimbledon em 2017.

Federer disputou sua 15ª semifinal em Melbourne, fase na qual curiosamente tem recorde negativo, agora com sete passagens à decisão. Em finais, porém, o suíço só não venceu em 2009, quando foi derrotado por Rafael Nadal.

Mesmo que vença a decisão, Federer não assumirá a liderança do ranking da ATP, que continuará com Rafael Nadal com a sua campanha encerrada nas quartas de final. O suíço busca seu 20º título de Grand Slam.

Para Chung, porém, o saldo é altamente positivo apesar da derrota na semifinal. A campanha o fará subir no ranking, no qual atualmente é o 58º colocado. Além disso, com apenas 21 anos, mostrou que tem condições de ser um dos protagonistas do circuito em um futuro próximo.

Veja também

Globo obtém liminar para impedir transmissões da Turner no Brasileiro
Futebol

Globo obtém liminar para impedir transmissões da Turner no Brasileiro

Bruno César testa positivo para Covid-19 e desfalca Vasco contra o Sport
Campeonato Brasileiro

Bruno César testa positivo para Covid-19 e desfalca Vasco contra o Sport