Clássico

Corinthians bate Palmeiras e evita eliminação precoce no Paulista

Corinthians e Palmeiras fizeram um dérbi movimentado, marcado pelas atuações dos goleiros

Cássio, goleiro do CorinthiansCássio, goleiro do Corinthians - Foto: Reprodução/Instagram

O Corinthians voltou à disputa do Campeonato Paulista com vitória sobre o Palmeiras por 1 a 0 nesta quarta-feira (22) em Itaquera, sem a presença de torcedores no estádio em meio à pandemia do novo coronavírus. O gol alvinegro foi marcado pelo zagueiro Gil, no primeiro tempo. Os corintianos mantêm chances de classificação, enquanto os palmeirenses garantiram a ida às quartas mesmo com derrota.

Apesar de mais de quatro meses sem jogos, Corinthians e Palmeiras fizeram um dérbi movimentado, marcado pelas atuações dos goleiros. Weverton falhou no gol alvinegro. Já Cássio salvou a equipe corintiana em cinco lances na etapa final.

O resultado obtido em casa mantém o Corinthians vivo no Estadual. O time alvinegro soma agora 14 pontos, contra 16 do Guarani, que enfrenta o Botafogo nesta quinta (23), como visitante, em São Bernardo do Campo. Já o Palmeiras, com 19 pontos, viu o Santo André atingir 20 pontos após empate com o Santos. O Novorizontino, terceiro colocado do Grupo B, não pode mais alcançar os líderes.

Na última rodada, o Corinthians mede forças com o Oeste na Arena Barueri, na condição de visitante. O Guarani, por sua vez, recebe o São Paulo na Vila Belmiro. O Palmeiras recebe o Água Santa no Allianz, enquanto o Santo André enfrenta o Ituano no Canindé. Todos os duelos serão no próximo domingo (26) às 16h.

O destaque da partida foi o goleiro Cássio. O ídolo corintiano protagonizou cinco grandes defesas, todas elas no segundo tempo do clássico. Na mais complicada delas, salvou o time em chute rasteiro de Willian ao desviar a bola com a perna.
Entre os piores, o atacante Rony, que entrou em campo após o Palmeiras obter um efeito suspensivo, errou quase todas as decisões em campo. Quando tinha que finalizar, ele cruzou. Na hora de cruzar, ele chutou a gol. O ex-atacante do Athletico-PR perdeu praticamente todos os duelos para Fagner.

COMEÇO MOVIMENTADO
O clássico, mesmo depois de mais de quatro meses de inatividade dos times, começou bem movimentado. O Palmeiras teve a primeira chance para abrir o placar, com Willian, logo aos dois minutos. O atacante viu Cássio adiantado e tentou encobrir o goleiro. A bola bateu no pé da trave. A resposta corintiana veio em seguida, numa trama entre Luan e Boselli. Everaldo concluiu e viu Weverton fazer a defesa.

Aos 15, o Corinthians conseguiu ir às redes em um lance de bola parada. Fagner cobrou escanteio pela direita e Gil, completamente livre, cabeceou sem muita força. A bola, porém, desviou em Felipe Melo, enganou Weverton e entrou no meio da meta palmeirense.

Logo depois do gol do Corinthians, o técnico Vanderlei Luxemburgo teve de mexer no time alviverde depois de um choque pelo alto entre o lateral esquerdo Matías Viña e o volante Patrick de Paula. O uruguaio levou a pior e teve de ser substituído por causa de um ferimento na cabeça. Diogo Barbosa, então, foi alçado no jogo.

O Palmeiras voltou com mais iniciativa na etapa final do clássico. A postura logo culminou em duas chances claras. Primeiro, com Willian, que bateu rasteiro da entrada da área e viu o goleiro corintiano evitar o gol com os pés. No lance seguinte, o arqueiro espalmou uma bola cabeceada pelo zagueiro Vitor Hugo. Cássio ainda fez mais duas defesas importantes no decorrer da partida.

O treinador do Palmeiras buscou alterar o panorama logo no retorno do intervalo. Lucas Lima ganhou uma chance ao entrar no lugar de Zé Rafael. Aos 14, Gabriel Menino e Raphael Veiga foram colocados nas vagas de Mayke e Willian, respectivamente. Tiago Nunes respondeu em seguida ao pôr Ederson na vaga de Camacho e Janderson no lugar de Everaldo.

O panorama do jogo, porém, não mudou. No último lance do clássico, Wesley teve uma boa oportunidade em um cruzamento da esquerda. Ele pegou a sobra, mas o chute estourou em cima do lateral Carlos.

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Danilo Avelar, Gil, Carlos; Gabriel, Camacho (Ederson), Ramiro (Sidcley), Luan (Mateus Vital), Everaldo (Janderson); Boselli. T.: Tiago Nunes

PALMEIRAS
Weverton; Mayke (Gabriel Menino), Felipe Melo, Vitor Hugo, Matías Viña (Diogo Barbosa); Bruno Henrique, Patrick de Paula, Zé Rafael (Lucas Lima); Willian (Raphael Veiga); Luiz Adriano, Rony (Wesley). T.: Vanderlei Luxemburgo

Estádio: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Juiz: Raphael Claus
Cartões amarelos: Mayke e Patrick de Paula (Palmeiras)
Gol: Gil, aos 14 minutos do primeiro tempo

Veja também

Um a cada 10 gols do Brasileiro tem o carimbo da 'Lei do Ex'
Campeonato Brasileiro

Um a cada 10 gols do Brasileiro tem o carimbo da 'Lei do Ex'

Remendado, líder Santa visita o Manaus em confronto inédito pela Série C
Santa Cruz

Remendado, líder Santa visita o Manaus em confronto inédito pela Série C