Esportes

Corinthians contrata volante Paulo Roberto, ex-Sport, por uma temporada

De saída do Leão da Ilha, o volante foi oferecido ao Corinthians e teve a aprovação do treinador Fábio Carille

O evento foi realizado no auditório da Ordem em Pernambuco, no bairro de Santo Antônio, RecifeO evento foi realizado no auditório da Ordem em Pernambuco, no bairro de Santo Antônio, Recife - Foto: Divulgação

O volante Paulo Roberto, 29, fechou contrato de uma temporada com o Corinthians. Ele defendeu o Sport no ano passado e pertence ao Osasco Audax. O jogador já realizou exames médicos e foi adquirido sem custos.

De saída do Sport, Paulo Roberto foi oferecido ao Corinthians e teve a aprovação do treinador Fábio Carille. Ele é considerado um primeiro volante de bom passe, experiente e poder de marcação. No Audax, chegou a fazer dupla com Paulinho, de passagem marcante pelo Parque São Jorge. Foi a solução barata encontrada para reforçar o meio-campo.

Essa será a primeira oportunidade da carreira do volante em um dos chamados 12 grandes clubes do Brasil. Antes, Paulo Roberto atuou no Juventus-SP, no Brasil de Farroupilha-RS, no Audax, no Guarani, no Atlético-PR, na Ponte Preta, no Figueirense, no Bahia e no Sport.

Reforçar o time sem precisar fazer grandes investimentos é o desafio do Corinthians para 2017 e por isso a aquisição de Paulo Roberto. Gabriel, volante do Palmeiras, e Rithelly, de quem Paulo era reserva no Sport, eram os primeiros nomes da lista de reforços para a atual temporada, mas ambos esbarram no baixo caixa corintiano.
Até aqui, dois jogadores foram oficializados para 2017: Jô e Luidy, atacantes. Kazim, do Coritiba, realizou exames médicos e será anunciado após pagamento de multa ao Coritiba.

Veja também

Juventus deve anunciar contratação de Di Maria em breve, diz jornal italiano
Futebol Internacional

Juventus deve anunciar contratação de Di Maria em breve, diz jornal italiano

Náutico confirma contusão de Hereda e atleta deve ficar fora dos gramados por até dois meses
Náutico

Náutico confirma contusão de Hereda e atleta deve ficar fora dos gramados por até dois meses