EUROPA

CR7 diz que sorrisos franceses motivaram Portugal em decisão

“É claro que você pode rir antes de um jogo, mas eles pareciam todos felizes. Seus gestos mostravam certa segurança.

Armando Monteiro Neto (PTB), senador e pré-candidato ao Governo do EstadoArmando Monteiro Neto (PTB), senador e pré-candidato ao Governo do Estado - Foto: PTB/Divulgação

 

SÃO PAULO (Folhapress) - “Os franceses sorriam muito porque achavam que iriam ganhar facilmente”, revelou o astro português Cristiano Ronaldo em entrevista à revista “France Football”, referindo-se à vitória por 1x0 sobre a França na prorrogação da final da Eurocopa.
“É claro que você pode rir antes de um jogo, mas eles pareciam todos felizes. Seus gestos mostravam certa segurança. Todo esse sentimento eu usei, como capitão, para motivar meus companheiros”, explicou Ronaldo, em extratos da entrevista publicados no site da revista.
CR7 também falou sobre a lesão que o obrigou a deixar o campo ainda no primeiro tempo da decisão, o que considera “a maior tristeza” da sua carreira.
“Eu não conseguia mais dobrar o joelho. Não seria mais a final dos meus sonhos, não tinha mais condições de jogar”, relata o craque, que foi substituído aos 25 minutos de jogo, mas continuou incentivando os companheiros na reserva.
A Federação Portuguesa divulgou na sexta-feira um vídeo inédito de um discurso vibrante do astro depois da partida. Sem camisa, no meio do vestiário, Cristiano agradece os companheiros e a comissão técnica por ter lhe proporcionado “o momento mais feliz” da sua vida.
Perguntado sobre a perspectiva de conquistar a quarta Bola de Ouro, prêmio que será entregue pela própria “France Football” no dia 13 de dezembro, o português se disse “tranquilo e descontraído” por ter disputado “a melhor temporada” da sua carreira.

Eleito melhor jogador do mundo em 2008, 2013 e 2014, o atacante de 31 anos é o grande favorito, por ter se destacado nas campanhas que levaram tanto o Real Madrid quanto a seleção portuguesa a conquistar o título continental.
Liga dos Campeões
Depois de calar os críticos ao marcar os três gols do dérbi contra o Atlético (3x0), Cristiano Ronaldo volta hoje, contra o Sporting, às 17h45 (de Brasília), ao estádio José Alvalade, em Lisboa, onde deu os primeiros passos como profissional pelo clube anfitrião, com a missão de classificar o Real às oitavas da Liga dos Campeões. Um empate já garante a vaga.
O grande retorno de Cristiano Ronaldo promete ser emocionante, já que a torcida local promete homenageá-lo. Outros sete jogos da Liga serão realizados. Os destaques são Sevilla x Juventus e Monaco x Tottenham, todos às 17h45.

 

Veja também

Náutico confirma contratação do meia Marcos Vinícius
Futebol

Náutico confirma contratação do meia Marcos Vinícius

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'
Manifestação

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'