Futebol

Cristiano Ronaldo garante vitória do Manchester United sobre Atalanta

Com este resultado, o United lidera a chave com 6 pontos, dois a mais que o segundo colocado Villareal

Gol de CR7 diante da AtalantaGol de CR7 diante da Atalanta - Foto: Paul Ellis/AFP

Graças ao gol decisivo de Cristiano Ronaldo nos minutos finais, o Manchester United venceu de virada a Atalanta por 3x2, nesta quarta-feira, pela 3ª rodada do Grupo F da Liga dos Campeões. Jogando no Old Trafford, a equipe inglesa viu os visitantes saírem na frente do placar com os gols do meia croata Mario Pasalic (no minuto 15) e do zagueiro turco Merih Demiral (29).

Atrás no marcador, os donos da casa foram para o intervalo sob vaias da torcida, que teve como principal alvo o técnico norueguês Ole Gunnar Solskjae. E a reação dos "Red Devils" veio no segundo tempo, com o atacante Marcus Rashford (53) diminuindo e o zagueiro Harry Maguire (75) deixando tudo igual.

Faltando poucos minutos do fim do encontro, Cristiano Ronaldo surgiu para levar os torcedores locais à loucura.  Após cruzamento perfeito de Shaw no meio da área italiana, o atacante português subiu  mais alto que a marcação e tocou de cabeça no canto do gol, decretando a virada inglesa.

Com este resultado, o Manchester United lidera a chave com 6 pontos, dois a mais que o segundo colocado Villareal, que nesta quarta goleou fora de casa o lanterna suíço Young Boys (com 3 unidades) por 4 a 1. Já os italianos ocupam a 3ª posição, com os mesmos 4 pontos que os espanhóis, mas com com saldo de gols inferior.

Na próxima rodada do torneio continental, no dia 2 de novembro (terça-feira), o United vai à Itália encarar a Atalanta, enquanto o Villareal recebe o time suíço na Espanha.

Veja também

Com vitória do Atlético/GO, Sport "seca" Juventude para não ter rebaixamento decretado na terça (30)Futebol

Com vitória do Atlético/GO, Sport "seca" Juventude para não ter rebaixamento decretado na terça (30)

Florentín lamenta ausência de Renato Gaúcho em jogo: "queria olhar na cara como homem"Futebol

Florentín lamenta ausência de Renato Gaúcho em jogo: "queria olhar na cara como homem"