futebol

Cruzeiro é impedido de registrar atletas em nova punição da Fifa

A informação foi inicialmente divulgada pela Rádio Itatiaia

Willian Bigode, ex-CruzeiroWillian Bigode, ex-Cruzeiro - Foto: Divulgação/Cruzeiro/Washington Alves/Light Pr

O Cruzeiro foi novamente punido pela Fifa, agora devido ao FC Zorya, da Ucrânia, contestar um acordo firmado entre as partes em agosto, envolvendo uma dívida de 1,159 milhão de euros (R$ 7,35 mi na cotação atual), vencida no último dia 20.

Diante da contestação do clube europeu pela compra de Willian, em 2014, hoje no Palmeiras, os mineiros receberam a chamada sanção de "transfer ban" por 12 meses, que impossibilita o clube de registrar novos atletas no período. A informação foi inicialmente divulgada pela Rádio Itatiaia.


Por meio de nota oficial, o Cruzeiro lamentou o ocorrido e afirmou que, na verdade, houve acordo entre as partes. Diante disso, sinalizou que irá recorrer à decisão da Fifa.

No comunicado, o Cruzeiro afirmou que o pagamento foi feito ao Alik Football Management, da Estônia, com anuência do Zorya, que havia repassado o crédito da dívida. O clube celeste ainda acrescentou que a negociação ocorreu por meio dos canais oficiais da Fifa, com homologação da entidade.

"Sendo assim, diante da manifestação do FC Zorya, a contestação do Cruzeiro se baseia em duas variáveis: ou o sistema da Fifa apresentou algum tipo de falha, o que é pouco provável, ou o clube ucraniano está contradizendo os documentos que seu próprio representante validou e assinou", disse.

Em punição anterior, em maio, o Cruzeiro foi condenado a iniciar a Série B do Campeonato Brasileiro com seis pontos a menos devido a uma dívida com o Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, pelo empréstimo de seis meses do volante Denilson.

Veja também

Martelotte e dois jogadores do Santa Cruz testam positivo para a Covid-19
Futebol

Martelotte e dois jogadores do Santa Cruz testam positivo para a Covid-19

PSG fica sem Neymar, mas vence Basaksehir pela Liga dos Campeões
Futebol

PSG fica sem Neymar, mas vence Basaksehir pela Liga dos Campeões