Dado explica mudanças no time cobra mais intensidade

Treinador também teceu elogios ao Salgueiro, adversário desta quarta (8), pelo Estadual

Mudanças de Dado são para recuperar lado físico dos atletasMudanças de Dado são para recuperar lado físico dos atletas - Foto: Anderson Stevens/FolhaPE

Um Náutico repleto de novidades entrará em campo diante do Salgueiro, nesta quarta (8), na Arena de Pernambuco, pela terceira rodada do Hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano 2017. Visando recuperar fisicamente os atletas e diminuir o desgaste por conta da sequência de jogos que o Timbu terá no próximo mês, o técnico Dado Cavalcanti promoverá seis mudanças no time titular. Cinco jogadores foram poupados do confronto: o zagueiro Ewerton Páscoa, os volantes João Ananias e Rodrigo Souza, o meia Maylson e o atacante Jefferson Nem. Já Anselmo está lesionado e foi vetado.

Em entrevista coletiva realizada nesta terça (7), Dado detalhou o motivo das alterações. “Estamos num processo de uma sequência de jogos. Serão oito em um intervalo de 30 dias. Cada confronto tem uma importância mais latente. Temos três competições em disputa e alguns jogadores têm mais desgaste que outros. Precisamos fazer ajustes na resistência muscular para não perder mais alguém na frente. Sabemos que jogador nenhum do mundo consegue suportar uma carga de jogos assim. O momento é de fazer o ajuste, adquirir mais consistência física e força, sanando algum desequilíbrio”, afirmou.

O Náutico iniciou o treino com Tiago Cardoso; Joazi, Tiago Alves, Adalberto e Giovanni; Darlan, Marco Antônio e Dudu; Giva, Alison e Erick. Após os primeiros minutos da movimentação, Tiago deixou a atividade com dores lombares, mas não deve ser problema para o jogo. Na ocasião, ele foi substituído por Rafael Ribeiro.
O treinador confessou que imagina dificuldades por conta da falta de entrosamento, mas passou confiança para os substitutos. Para Dado, o principal fator que o Timbu precisa ter para sair vencedor diante do Carcará é o retorno de uma característica da equipe que ficou ausente nas últimas rodadas.

“Entrosamento vem por repetição. Quando muda, não tem como ter. O que vai existir dentro do que traçamos é que os atletas sabem o que vão fazer dentro de campo”, apontou. “O que precisamos ter é mais intensidade de jogo. Perdemos isso com o passar das partidas. Falo isso não somente na marcação, mas também no lado ofensivo. Finalizamos pouco no último jogo. Trabalhamos circulação de bola, chegando com ela dominada. Mas a medida que as partidas foram passando, nós perdemos essa qualidade. Precisamos retomar essa intensidade”, finalizou.

Veja também

Em duelo de invictos, líder Náutico enfrenta o Retrô na Arena de Pernambuco
Futebol

Em duelo de invictos, líder Náutico enfrenta o Retrô na Arena de Pernambuco

'Foi uma partida atípica', declara João Brigatti após derrota para o Botafogo/PB
Santa Cruz

'Foi uma partida atípica', declara João Brigatti após derrota para o Botafogo/PB