Futebol

Dal Pozzo diz que Sport "jogou como time grande" diante da Chapecoense

Leão venceu o duelo por 1x0, gol de Luciano Juba, e pulou para a liderança da Série B

Lances de Chapecoense 0x1 SportLances de Chapecoense 0x1 Sport - Foto: Liamara Polli/Chapecoense

O técnico Gilmar Dal Pozzo estava nervoso nos minutos finais da partida do Sport contra a Chapecoense, na Arena Condá, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Quando questionado por isso, ele foi direto: "a partida mexia com o coração". Ex-comandante do clube catarinense, o profissional também sabia o peso de um triunfo em Santa Catarina. Afinal, estava em jogo a liderança do torneio, alcançada com a vitória por 1x0. No fim, para o comandante, um resultado obtido porque o Leão "jogou como time grande".

"Falei antes do jogo que isso mexia com emoção. Tenho uma história com esse clube (Chapecoense). Além disso, valia a liderança. Não era um  jogo qualquer. Joguei junto com a equie porque estava com muita gana de sair com a liderança. A cara da Série B é essa aí. Foi um jogo difícil e fomos letais. Sabia que, se a gente controlasse o jogo, conseguiríamos a vitoria e a liderança", iniciou.

"Tivemos mais posse de bola. Criamos igual ou mais do que o adversário. O jogo mostra isso. A Série B é equilibrada e vencemos porque controlamos o jogo, com jogo apoiado, verticalizando, atacando espaço. Quando tivemos que marcar, fizemos isso como time grande. Por isso saímos vitoriosos. Neutralizar o adversário é uma virtude. Jogamos e marcamos como um time grande", completou.

Com o resultado, o Sport pulou para a liderança da Série B, com 14 pontos. O próximo compromisso da equipe é terça (23), contra o Novorinzontino, fora de casa, pela oitava rodada.

Veja também

Copa do Brasil: Atlético-MG derrota Brasiliense e está nas oitavas
Futebol

Copa do Brasil: Atlético-MG derrota Brasiliense e está nas oitavas

Corinthians e São Paulo ficam no empate no Majestoso: 1 a 1
Futebol

Corinthians e São Paulo ficam no empate no Majestoso: 1 a 1