A-A+

Dal Pozzo elogia Paiva e cita lacunas a preencher no elenco

Treinador afirmou que Timbu precisa de 32 a 36 jogadores e um dos focos é buscar um substituto para Thiago

Paiva, novo reforço do NáuticoPaiva, novo reforço do Náutico - Foto: Léo Lemos/Náutico

Com quase duas semanas de trabalho na pré-temporada, o Náutico apresentou suas primeiras novidades no elenco. Mais chegadas do que saídas, diga-se. Da base titular, a ausência mais sentida será a do prata da casa Thiago, vendido ao Flamengo. Entre os nomes que desembarcaram no Timbu, alguns velhos conhecidos, como o lateral-direito Bryan e o zagueiro Ronaldo Alves, e caras novas como os atacantes Paiva e Salatiel, o goleiro Marcão e o volante Luanderson. De olho na formação do grupo para 2020, o técnico Gilmar Dal Pozzo explicou quais lacunas precisam ser preenchidas até o início oficial das competições.

“Queremos trabalhar com 32 a 36 jogadores. Não é uma ideia fechada. Estamos avaliando os meninos da base. Precisamos de mais seis, sete contratações. Queremos trazer um jogador para o lado direito, após a saída de Thiago. Matheus Carvalho está treinando na posição, mas buscamos um atleta de caracteristica mais individual. Também queremos um atacante de área e um segundo volante com caracterísitca de transição ofensiva e defensiva. Talvez trazer mais um goleiro e zagueiro”, afirmou o treinador.

Sobre os reforços que já chegaram ao Náutico, Dal Pozzo se mostrou bastante agrado com o atacante paraguaio Guillermo Paiva, de 22 anos, ex-Zamora/VEN. “Vi alguns jogos dele na Libertadores e confiei muito no Italo (Rodrigues, diretor de futebol), que viajou para o Paraguai e buscou informações sobre o atleta. A negociação foi diferente, mas tivemos convicção. Nesses dias que ele está treinando, ele me surpreendeu positivamente, mais do que eu esperava. Tem muita força e as ações dele são sempre em direção ao gol. Tem o cacuete para fazer o gol. Precisa melhorar alguns aspectos em jogo apoiado, mas isso passa por entender o sistema e o conceito do técnico. Criou uma boa impressão para a comissão técnica, diretoria e para os demais atletas”, frisou.

Copa do Brasil

O Toledo/PR será o adversário do Náutico na primeira fase da Copa do Brasil. Mesmo com compromissos anteriores em competições como Campeonato Pernambucano e Copa do Nordeste, Dal Pozzo já destacou que já vai buscar informações sobre a equipe do Paraná. “Conheço bem a cidade de Toledo. Morei próximo lá e conheço também o clube e o técnico Paulo Baier. Acompanhamos a campanha deles no campeonato estadual e vimos que eles decidiram o título com o Athletico/PR. Recentemente, eu não tenho tantas informações. Vamos em busca delas, monitorando com nossos analistas. Tenho amigos treinando em outras equipes do Paraná e vamos nos informar para fazer um jogo perfeito”, ressaltou.

Leia também:
Dal Pozzo elogia Thiago: ‘Fora da curva”
Dal Pozzo diz que Kieza tem interesse em voltar ao Náutico

Veja também

SDS garante presença de segurança pública nos estádios
Futebol

SDS garante presença de segurança pública nos estádios

Presidente interino e CEO são apresentados no Arruda
Futebol

Presidente interino e CEO são apresentados no Arruda