Dal Pozzo não revela time, mas veta Paulinho e Matheus Carvalho

Pendurado com dois cartões amarelos, o zagueiro Camutanga é dúvida para o Clássico das Emoções

Gilmar Dal Pozzo, técnico do Náutico Gilmar Dal Pozzo, técnico do Náutico  - Foto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

Enquanto o técnico do Santa Cruz, Milton Mendes, confirmou a escalação do Tricolor para o Clássico das Emoções, sábado (24), nos Aflitos, pela última rodada do Grupo A da Série C 2019, o comandante do Náutico, Gilmar Dal Pozzo, adotou outro caminho. Com alguns atletas pendurados e outros vetados por lesão, o treinador manteve o mistério dos 11 titulares, mas deu algumas pistas.

Entre as certezas, o fato de que os atacantes Paulinho e Matheus Carvalho estão fora do clássico por questões clínicas. O primeiro voltou a sentir dores na coxa direita no treino da última quarta (22) e não participou dos trabalhos posteriores. O segundo se recupera de uma contusão no tornozelo. Nas demais posições, nada de pistas.

"Faz parte do processo (de preparação) criar alguma dúvida. Não é nem para o torcedor ou vocês (jornalistas), mas para o adversário", afirmou o treinador. Entre as indefinições, vale citar dois pontos. O primeiro é o do zagueiro Camutanga, pendurado com dois cartões amarelos. A tendência é que o defensor seja poupado e Rafael Ribeiro seja acionado. Na frente, o artilheiro do time na Série C, Thiago, também pode ficar fora. Neto e Jefferson Nem podem pintar no time.

O Náutico deve entrar em campo com Jefferson; Hereda, Diego Silva, Rafael Ribeiro e Erick Daltro; Josa, Jiménez e Jhonnatan; Álvaro, Neto e Rafael Oliveira.

Leia também:
Rafael relembra passado difícil e sonha com acesso
Fábio Matos rescinde com o Náutico

Segundo colocado do Grupo A, o Náutico pode terminar em primeiro se vencer o clássico, somado ao empate ou derrota do líder Sampaio Corrêa, com 31 pontos, para o Imperatriz/MA, no Castelão. Se empatarem o jogo diante do Santa Cruz, o topo da chave só será do Timbu se a Bolívia Querida for derrotada. As equipes teriam a mesma pontuação, mas os alvirrubros levariam vantagem no saldo de gols.

Em caso de derrota, o Náutico não terminará a liderança, mas também não terá seu segundo lugar ameaçado. Isso porque os demais times que brigam por uma vaga no G4, casos de Imperatriz/MA, Confiança, Santa Cruz, Ferroviário e Botafogo/PB, não alcançarão a pontuação do Timbu. Em 2018, a equipe vermelha e branca terminou a primeira fase com 31 pontos, ficando com a primeira colocação.


Veja também

Buscando vaga na Sul-Americana, Sport se despede do Brasileiro ante o Athletico, em Curitiba
Campeonato Brasileiro

Buscando vaga na Sul-Americana, Sport se despede do Brasileiro ante o Athletico, em Curitiba

Após vitória na estreia, Brigatti elogia jovens e vê Santa ‘equilibrado’
Santa Cruz

Após vitória na estreia, Brigatti elogia jovens e vê Santa ‘equilibrado’