Dal Pozzo não vê desvantagem em decidir no Maranhão

Treinador do Náutico ainda afirmou que o fato de o clube estar em semana de decisão não mudará a estratégia da equipe

Gilmar Dal Pozzo, técnico do NáuticoGilmar Dal Pozzo, técnico do Náutico - Foto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

Após mais um jogo dramático, o Náutico eliminou o Juventude e se classificou à final da Série C. O Timbu disputará o título com o Sampaio Corrêa/MA. No entanto, diferentemente do que aconteceu nas quartas de final e semifinal, o Timbu não decidirá nos Aflitos, mas na casa do adversário. O que não é necessariamente uma desvantagem para os alvirrubros. Ao menos na visão do técnico Gilmar Dal Pozzo.

Leia também:
[Vídeo] Confira os melhores momentos de Náutico x Juventude
Vice do Náutico protesta contra a postura da PMPE
Histórico de recuperações na Série C anima o Náutico


"Isso não muda nada. Mesmo na fase classificatória eu dizia que não via vantagem e desvantagem em jogar dentro ou fora de casa. Temos que nos pautar pela imposição física, técnica, tática e mental", sentenciou. "Para colocar essa estrela no peito terá que ser assim. Temos duas semanas para trabalhar bem, mas não vamos mudar nada no nosso jeito de jogar", garantiu o treinador, que ressaltou os méritos do Náutico.

"Nada se conquista sem ter um sacrifício. Jogamos contra grandes equipes. Paysandu e Juventude são grandes times e todos os jogos de uma Série B são dessa grandeza, jogos muito iguais, muito parelhos. E soubemos jogar bem os dois jogos. Tanto para se defender quanto para fazer os gols, e também nos pênaltis, que a gente treina muito e por isso a gente merecia passar de fase", avaliou, antes de agradecer à torcida.

"Em relação ao torcedor, só temos que enaltecê-lo. Ele está fazendo a diferença. Ele comprou a ideia do nosso pacto e está sendo o diferencial. Nós iniciamos o segundo tempo melhor, mas o adversário também tem qualidade e começa a criar. No jogo em Caxias estávamos vencendo e tivemos chances de fazer o segundo e o terceiro. Quando estivermos melhor, temos que ser cirúrgicos", destacou.

Veja também

Neymar diz que espera voltar a jogar ao lado de Messi no próximo ano
Futebol

Neymar diz que espera voltar a jogar ao lado de Messi no próximo ano

Pelé chama Maradona de 'incomparável' e diz amá-lo em texto de homenagem
Luto

Pelé chama Maradona de 'incomparável' e diz amá-lo