Dal Pozzo, o técnico do primeiro título nacional do Náutico

Treinador manteve o Timbu invicto em casa e conseguiu, com o empate em 2x2, com o Sampaio Corrêa, faturou a Série C

Gilmar Dal Pozzo, técnico do Náutico Gilmar Dal Pozzo, técnico do Náutico  - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Humberto Cabelli participou do primeiro título do Náutico na história. Davi Ferreira, o “Duque”, comandou o Alvirrubro no hexacampeonato estadual de 1968. Em 2001, Muricy Ramalho esteve à frente do clube na conquista do Campeonato Pernambucano no ano do centenário. Três técnicos que estão na história do Timbu e, a partir de hoje, ganham a companhia de Gilmar Dal Pozzo, o treinador que levou a equipe vermelha e branca ao primeiro triunfo nacional, faturando a Série C 2019.

Catarinense de Quilombo, Gilmar Dal Pozzo chegou ao Náutico em 2019 falando em “segunda oportunidade’. O treinador passou pelo Timbu entre 2015 e 2016. No primeiro ano, quase subiu o clube à Série A. Na temporada seguinte, após eliminações no Campeonato Pernambucano e na Copa do Brasil, o profissional foi demitido. “Tinha o desafio de voltar porque interromperam meu trabalho na outra vez. Foi me dada essa oportunidade e cumpri o objetivo", disse, após o acesso.

Faltava, porém, a cereja do bolo. Assim como o Náutico, Dal Pozzo não possuía títulos nacionais na carreira. Jejum que terminou ontem, no Maranhão, com o empate em 2x2, no Castelão/MA, diante do Sampaio Corrêa. "Ganhei alguns troféus estaduais e fui vice-campeão pela Chapecoense, mas não tinha esse gostinho ainda. Estou muito feliz e o clube merecia esse título", afirmou.

Com a conquista, a renovação do treinador para a temporada 2020 é questão de tempo. “Já conversei com a diretoria sobre o planejamento do ano que vem, sabendo o que eles querem e o que eu quero. Fizemos também um raio-x dos atletas. O técnico tem de ser um gestor. Busquei informações sobre quanto dinheiro teremos para gastar, quais jogadores vamos trazer e como será a valorização da base, pensando em qualificá-la. Provavelmente chegaremos a um acerto na próxima semana", citou.

Números

Em 22 jogos sob o comando de Dal Pozzo, o Náutico venceu 12, empatou seis e perdeu quatro, com um aproveitamento de 63,6%. O treinador terminou a temporada invicto nos Aflitos, com oito triunfos e três empates. Como visitante, o Timbu ganhou quatro, empatou três e foi derrotado outras quatro vezes.

Leia também:
Álvaro e Matheus Carvalho, protagonistas da final
Náutico é campeão da Série C 2019

Veja também

Palmeiras e Grêmio disputam o título da Copa do Brasil no encerramento da temporada 2020
Decisão

Palmeiras e Grêmio disputam o título da Copa do Brasil no encerramento da temporada 2020

Náutico visita Sete de Setembro de olho em liderança do Estadual
Futebol

Náutico visita Sete de Setembro de olho em liderança do Estadual