Dal Pozzo projeta mudanças e analisa chances de estreia de Kieza

Atacante ainda passará por avaliação física para saber se terá condições de entrar em campo já contra o River/PI, pela Copa do Nordeste

Kieza, atacante do NáuticoKieza, atacante do Náutico - Foto: Léo Lemos/Náutico

Nos três amistosos que disputou na pré-temporada e no primeiro jogo oficial do ano, contra o Sport, o Náutico manteve praticamente a mesma base titular. Salvo uma mudança na lateral (Bryan por Bahia) e outra na cabeça de área (Josa por Luanderson), o restante do time que iniciou os jogos era sempre o mesmo. A ideia era priorizar o entrosamento, mas também precisou ser utilizada por conta de questões físicas e clínicas de alguns jogadores que não poderiam entrar em campo. Contudo, para o jogo contra o River/PI, quinta, na estreia da Copa do Nordeste, o técnico Gilmar Dal Pozzo deve fazer algumas alterações.

"A ideia nossa é rodar o plantel, dando oportunidade para todos”, disse o treinador, após o empate em 1x1 com o Sport, nos Aflitos, na estreia do Campeonato Pernambucano. Dal Pozzo deve observar os próximos treinos para saber se poderá contar com atletas que estavam aprimorando a parte física, casos dos reforços Ronaldo Alves e Kieza. Ambos foram relacionados para o Clássico dos Clássicos, mas não estavam prontos fisicamente para serem utilizados. Tanto é que, quando precisou sacar o zagueiro Rafael Ribeiro no intervalo, o técnico acionou Diego e não Ronaldo. Na frente, as escolhas foram por Jorge Henrique e Erick, esse último com boas chances de ganhar um espaço no time principal. Nomes como Luanderson ou até mesmo Wagninho também podem pintar como surpresa na equipe.

O caso de Kieza inspira mais cuidados. O jogador foi um dos últimos a se apresentar. Sua presença no banco de reservas no clássico, por exemplo, aconteceu devido um contratempo com um companheiro de posição. "Ele não seria relacionado, mas Paiva se lesionou e tivemos que acelerar o processo. Veremos se há como botar ele no jogo do River/PI ou contra o Petrolina (domingo, no Pernambucano)", informou Dal Pozzo. A equipe piauiense é comandada por um velho conhecido dos alvirrubros, o técnico Márcio Goiano, que estava no Timbu até maio do ano passado.

Leia também:
Leão perto de resolver situação com Mark González
Dal Pozzo projeta mudanças e analisa chances de estreia de Kieza


Veja também

“Não dá tempo para lamentar, não pode abaixar a cabeça”, diz Jair Ventura após derrota do Sport
Sport

“Não dá tempo para lamentar, não pode abaixar a cabeça”, diz Jair Ventura após derrota do Sport

Após nova intervenção decisiva do VAR, Sport perde no Rio para o Fluminense por 1 a 0
Sport

Após nova intervenção decisiva do VAR, Sport perde no Rio para o Fluminense por 1 a 0