Daniel Alves tem lesão, mas não precisará de cirurgia

Apesar de não ser caso cirúrgico, Daniel Alves necessita de ao menos três semanas de cuidados antes de reavaliação

Daniel Alves sente o joelho durante a final da Copa da FrançaDaniel Alves sente o joelho durante a final da Copa da França - Foto: Franck Fife/AFP

O lateral Daniel Alves não precisará passar por cirurgia no joelho direito. O diagnóstico foi anunciado pela assessoria de imprensa do jogador nesta quarta-feira (9). O lateral direito passou por exames em Paris após a lesão sofrida na final da Copa da França, nesta terça (8), quando o Paris Saint-Germain derrotou o Les Herbiers por 2x0.

"Após o traumatismo do joelho direito de Dani Alves, que ocorreu durante a final da Copa da França, os exames realizados mostraram uma alta desinserção do ligamento cruzado anterior com entorse póstero-externo. Sua condição requer um mínimo de três semanas de cuidados antes de nova avaliação", diz o texto da nota distribuída pela assessoria do lateral.

Daniel Alves deixou o campo na final da Copa da França aos 41 minutos da etapa final. Após a partida, o médico da Seleção Brasileira, Rodrigo Lasmar, procurou entrar em contato com o PSG para ter mais informações da gravidade da contusão. Daniel Alves é titular absoluto do técnico Tite para a lateral-direita e considerado nome certo na lista de convocados da Copa do Mundo da Rússia. Os nomes dos relacionados serão anunciados na próxima segunda-feira (14).

Leia também:
Daniel Alves aguarda exames para detalhar lesão
Com Neymar de espectador, PSG conquista Copa da França


Aos 35 anos, o jogador já disputou as Copas de 2010, na África do Sul, e 2014, no Brasil. A vaga de reserva imediato de Daniel Alves na equipe nacional vem sendo disputada entre Fagner, do Corinthians, e Danilo, do Manchester City. Após a convocação da próxima segunda-feira, os atletas irão se apresentar para o início dos treinos uma semana depois, no Rio de Janeiro. A estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo será em 17 de junho, na cidade de Rostov, contra a Suíça.

Veja também

Kevyn testa positivo para Covid-19 e desfalca Náutico
Futebol

Kevyn testa positivo para Covid-19 e desfalca Náutico

Casagrande critica omissão da CBF e Bolsonaro: 'Governo da morte, não da vida'
Opinião

Casagrande critica omissão da CBF e Bolsonaro: 'Governo da morte, não da vida'