Daniel espera reforços para ter Sport forte no Brasileiro

Treinador quer jogadores de diferentes características e elogiou Ronaldo, atacante do Santo André

Daniel Paulista, técnico do SportDaniel Paulista, técnico do Sport - Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

Quando chegou ao Sport em fevereiro, o técnico Daniel Paulista mostrou entender a atual situação financeira vivida pelo clube. Entretanto, deixou claro que para brigar pelos objetivos traçados pelo Leão, necessitaria de reforços para encorpar o elenco. Antes da suspensão dos campeonatos por causa da pandemia do novo coronavírus, o Rubro-negro anunciou as chegadas de Iago Maidana, Bruninho e Philip. Além deles, o atacante Ronaldo, do Santo André, já assinou um pré-contrato com a equipe da Praça da Bandeira e também chegará em breve.

Apesar de toda indefinição sobre a volta dos campeonatos, o treinador acredita que reforços de diferentes características ainda são necessários para variar o estilo de jogo da equipe, principalmente no Brasileirão.

"Acho que precisamos de contratações pontuais, dentro daquilo que entendemos que será necessário para dar equilíbrio ao elenco. Temos que ter jogadores diferentes para ganhar em montagem de elenco, de variação de jogadas, de modelos de jogo. É em cima disso que estamos trabalhando internamente. Algumas peças que sejam interessantes e que cheguem visando o Brasileiro. Para ganharmos em qualidade, e que tenhamos um grupo forte e qualificado para encarar as grandes equipes da competição", explicou Daniel.

Mesmo com os jogos paralisados, o Sport segue se mexendo no mercado. Artilheiro do Paulistão pelo Santo André, Ronaldo assinou pré-contrato com o clube pernambucano e foi indicado por Daniel Paulista. "O Ronaldo tem se destacado com o Santo André e acredito que vai nos ajudar muito. Entra no perfil de jogadores que estamos buscando", falou.

Leia também:
Daniel lamenta pausa forçada: 'é nítido que houve evolução'
Nelo Campos deixa cargo de diretor de futebol do Sport


Além dos três reforços anunciados e de Ronaldo, o Rubro-negro também ainda tenta um acerto com Patric. Porém, devido à pandemia da Covid-19, o Atlético/MG ainda não sinalizou uma possível liberação do jogador que atuou na Ilha entre 2013 e 2014.

Veja também

Após show, Rebeca Andrade comemora 'decisões inteligentes' na ginástica
Jogos Olímpicos

Após show, Rebeca Andrade comemora 'decisões inteligentes' na ginástica

Seleção brasileira de vôlei feminino vence Coreia do Sul na estreia
Jogos Olímpicos

Seleção brasileira de vôlei feminino vence Coreia do Sul na estreia