Focado no Ceará, Daniel Paulista elogia defesa e ressalta sequência invicta

Em entrevista coletiva, técnico rubro-negro também afirmou que a ideia é poupar jogadores visando o Ceará

Daniel Paulista, técnico do SportDaniel Paulista, técnico do Sport - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

O triunfo frente ao Decisão, na tarde deste sábado, garantiu antecipadamente a permanência do Sport na primeira divisão do Pernambucano. Sendo assim, a preparação para a estreia do Campeonato Brasileiro, contra o Ceará, no próximo sábado (8), já começou. Ciente disso, o técnico Daniel Paulista adiantou, em entrevista coletiva após a partida, que irá reservar para o último compromisso no quadrangular do rebaixamento, contra o Petrolina, uma espécie de laboratório para testar alternativas e descansar os principais nomes.

Para o treinador, o clássico nordestino está em pé de igualdade, embora o Sport entre em campo fisicamente melhor, por conta da final da Copa do Nordeste em que os cearenses largaram na frente. “Vejo o confronto de sábado um confronto de igualdade. O time do Ceará, mesmo estando nas finais da Copa do Nordeste, é um elenco extremamente qualificado, com várias opções dentro do seu elenco. Mas é com o dever cumprido nesse quadrangular, onde ninguém gostaria de estar, a gente pode trabalhar durante a semana unica e exclusivamente o Campeonato Brasileiro”, falou.

O placar de 3x0 contra o Decisão registrou apenas a terceira vez na temporada em que os rubro-negros superaram a marca de três gols em uma partida. Mas, no ponto de vista de Daniel, a evolução deve continuar em forma geral. “Não só no setor de ataque, acho que a gente ainda tá procurando um melhor encaixe da equipe. É lógico que a base vem sendo mantida, hoje nós formamos um ataque novo pra observar e também dar ritmo a novos jogadores que não vinham iniciando a partida, isso faz parte do processo. Contra o Ceará, lógico, nós vamos montar a melhor estratégia pra neutralizar o Ceará e fazer uma boa apresentação, já que a gente quer começar bem o Campeonato Brasileiro.”

O comandante rubro-negro também destacou a mudança de panorama do Sport após a derrota contra o Santa Cruz. Desde então lá, o Leão emplaca uma série invicta de quatro jogos. “Apesar da vitória (contra o Vitória/PE) no último jogo ter sido sofrida, mas é uma vitória. A equipe vinha um certo tempo sem conseguir resultado e conseguiu. Hoje, novamente, mais uma vitória. Então o foco já começa a mudar, mesmo com a fragilidade desses dois últimos adversários, mas são quatro jogos sem perder. Quatro jogos e somente um gol tomado, em uma bola parada no final de jogo, onde a gente teve uma desatenção ali. Então o sistema defensivo tem apresentado uma melhora e a gente espera continuar crescendo, já que agora o nível competitivo vai ser muito maior dentro do Campeonato Brasileiro”, afirmou.

A ausência do goleiro Carlos Eduardo entre os relacionados é motivo de críticas por parte torcedores, uma situação similar que Marcão e Evandro convivem desde que Daniel Paulista assumiu o comando técnico. O treinador explicou as razões e que age para o bem-estar da equipe.“A gente tem procurado rodar o elenco e aquilo o que a gente entende que é o melhor pro grupo. Esses jogadores ainda não tiveram a oportunidade, especificamente no caso do Carlos Eduardo é um goleiro, tá trabalhando e esperando sua oportunidade e os outros da mesma forma. A gente tá procurando agir com muita transparência para com todo elenco pra que todos os jogadores se mantenham motivados, como vem acontecendo e rendendo dentro das partidas”, apontou.

Veja também

Em meio a imbróglio envolvendo Dal Pozzo, Náutico recebe o CRB pela Segundona
Futebol

Em meio a imbróglio envolvendo Dal Pozzo, Náutico recebe o CRB pela Segundona

Primeira semana do Brasileiro expõe riscos da pandemia e gera preocupação
Futebol

Primeira semana do Brasileiro expõe riscos da pandemia e gera preocupação