Daniel reestreia pelo Leão contra o Coxa

Ex-auxiliar técnico virou treinador interino dos rubro-negros após a demissão de Vanderlei Luxemburgo, na última quinta-feira

Daniel Paulista, no SportDaniel Paulista, no Sport - Foto: Williams Aguiar/assessoria de comunicação do

Nuvens carregadas se instalaram na Praça da Bandeira. A derrota para o Junior Barranquilla/COL, na última quinta-feira, e o fato de ter a pior campanha neste segundo turno da Série A, custaram o cargo do treinador Vanderlei Luxemburgo, demitido ainda no vestiário após o revés. Com a crise instalada, a previsão de mau tempo é inevitável. Para mudar esse "panorama climático" o Sport optou num "novo velho" remédio para encarar o Coritiba neste domingo, às 17h (horário de Recife), na Ilha do Retiro. Na 15ª colocação, a apenas dois pontos da área de degola, o Rubro-negro precisa vencer para não correr riscos já nesta rodada. Em confronto direto contra o rebaixamento, o Leão será comandado interinamente pelo auxiliar-técnico do clube, Daniel Paulista, que ficará no cargo de comandante até o final deste Brasileirão.

Curiosamente, Daniel passou pela mesma situação na reta final do Brasileirão do ano passado. Na mesma 31ª rodada, ele substituiu Oswaldo de Oliveira, que aceitou uma proposta do Corinthians. Em oito jogos, o ex-volante somou 13 dos 24 pontos disputados, sendo quatro vitórias, um empate e três derrotas, conseguindo livrar os leoninos da degola apenas na última rodada, ao bater o Figueirense por 2x0, na Ilha do Retiro. Com a permanência, ele foi efetivado no cargo e iniciou a temporada 2017. Porém, após um empate contra os reservas do Santa Cruz, na Ilha do Retiro, no dia 26 de março, a diretoria recolocou-o no cargo de auxiliar e contratou Ney Franco. Em 14 jogos, foram 11 vitórias, um empate e duas derrotas. Por enquanto, a cúpula leonina afirma que Daniel Paulista ainda é interino e que o cargo de treinador para a próxima temporada ainda está em aberto.

Para este confronto, o interino não terá muito tempo para trabalhar. O time se reapresentou na última sexta-feira, mas fez apenas um trabalho regenerativo por conta do desgaste físico no duelo contra o Junior Barranquilla. A única movimentação foi realizada neste sábado. Para encarar o Coxa, o atacante Osvaldo, que não pode atuar pela Sul-Americana, volta a ser opção. Os volantes Wesley, que perde muita força com a saída de Luxemburgo, e Rithely ainda são dúvidas por conta de dores. Na direita, Raul Prata segue vetado pelo Departamento Médico, com Samuel Xavier ganhando mais uma chance como titular.

FICHA TÉCNICA:

Sport
Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Henríquez e Mena; Anselmo, Patrick, Rogério, Diego Souza e Osvaldo; André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Coritiba
Wilson; Léo, Cleber Reis, Werley e Thiago Carleto; Jonas, Alan Santos e Tiago Real; Iago Dias (Baumjohann); Henrique Almeida e Rildo. Técnico: Marcelo Oliveira.

Local: Ilha do Retiro (Recife).
Horário: 17h (horário do Recife).
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS). Assistentes: Jose Eduardo Calza e Mauricio Coelho Silva Penna (ambos do RS).
Transmissão: Premiere.  

Veja também

As estatísticas da Série B brasileira
Série B

As estatísticas da Série B brasileira

Inter vira no fim, quebra jejum contra Grêmio e amplia vantagem na ponta
Campeonato Brasileiro

Inter vira no fim, quebra jejum contra Grêmio e amplia vantagem na ponta